Primeira goleira da Canarinho, Meg é auxiliar pontual da Seleção Feminina Sub-17

Primeira goleira da Canarinho, Meg é auxiliar pontual da Seleção Feminina Sub-17

Pioneira debaixo das traves da Seleção Feminina, Meg pretende transmitir toda sua bagagem como jogadora para as jovens da Sub-17.

Pioneira, Meg atua como auxiliar pontual na Seleção Feminina Sub-17 Pioneira, Meg atua como auxiliar pontual na Seleção Feminina Sub-17
Créditos: Adriano Fontes/CBF

Uma viagem no tempo. Foi assim que Margarete definiu a experiência vivenciada durante os últimos dias. Primeira goleira da história da Seleção Feminina, Meg, como ficou eternizada, retornou aos gramados para desempenhar a função de auxiliar pontual da Seleção Feminina Sub-17. Com a experiência e responsabilidade de quem defendeu a meta da Canarinho em suas primeiras competições oficiais, a arqueira agora pretende compartilhar toda sua bagagem com as jovens que carregarão o bastão da modalidade no futuro.

Meg participou da primeira Seleção Feminina Brasileira da história, em 1988. Foram oito anos dedicados à Amarelinha, que culminaram na disputa dos Jogos Olímpicos de Atlanta, em 1996. Na oportunidade, a Canarinho ficou na quarta colocação.

“Esse convite foi recebido por mim com muita felicidade, depois de décadas afastada do futebol. Parei em 2000, no Vasco. Em 1996, na Olimpíada de Atlanta, eu saí da Seleção e nunca mais tive esse contato direto. Então estar aqui, poder conversar, ver essas meninas com todo esse talento acompanhadas por profissionais do mais alto nível, é incrível. Fico feliz com essa oportunidade vinda da nova filosofia da CBF com ex-atletas, é muito legal”, destacou Meg, antes de definir a sensação de retornar aos gramados.

“A minha experiência está sendo fantástica, estou aproveitando todo o tempo, do início da manhã até a hora de dormir, extracampo e dentro do campo. É uma volta ao tempo, é como uma visita ao túnel do tempo, está sendo maravilhoso. Estou curtindo e muito feliz por estar aqui. Foi um verdadeiro presente”, completou.

 

"Me sinto aqui com a batuta na mão para poder passar essa bagagem em nome de todas as gerações passadas"

 

Em Pinheiral (RJ) e na Granja Comary, em Teresópolis, sedes desta janela de preparação da Seleção Feminina Sub-17, Meg encontrou duas ex-jogadoras que também defenderam as cores do Brasil em campo: Simone Jatobá, técnica da categoria, e Maravilha, preparadora de goleiras e sua sucessora debaixo das traves da Canarinho.

“Espero que eu possa agregar alguma coisa para elas. É óbvio que o futebol avançou e evoluiu muito, mas as experiências que tivemos nos campeonatos mundiais e olimpíadas das nossas gerações existiram, e me sinto aqui com a batuta na mão para poder passar essa bagagem em nome de todas as gerações passadas”, frisou a ex-goleira da Seleção Brasileira, antes de falar sobre a parceria com Maravilha durante este período.

Pioneira, Meg atua como auxiliar pontual na Seleção Feminina Sub-17 Ao lado das goleiras da Seleção Feminina Sub-17, Meg transmite toda sua experiência para as jovens
Créditos: Adriano Fontes/CBF

“Trabalhar junto com a Maravilha no treinamento de goleiras dá até uma vontade de ir para o gol (risos). Passa muita coisa pela cabeça, a gente lembra muitas coisas. É legal porque ela me dá essa abertura também, dizendo que posso orientar as meninas, chamar atenção. Aos poucos vou dando meus pitacos, e elas ficam atentas com aqueles olhinhos e muito respeito. Isso é muito legal. Fico muito à vontade com as goleiras. E com as jogadoras de linha, eu fico na posição mais de incentivar, de conversar nas horas de folga, de passar essa experiência que temos dessa maneira. Acho importante, e elas estão tendo muito respeito”, concluiu.

Concentrada desde o dia 26 de julho, a Sub-17 estende sua janela de preparação até o dia 6 de agosto. Durante o período, as comandadas de Simone Jatobá disputaram um jogo-treino e ainda terão outro desafio pela frente: amistoso diante da equipe feminina principal do Vasco da Gama, no dia 5 de agosto.

Pioneira, Meg atua como auxiliar pontual na Seleção Feminina Sub-17 Meg ao lado de Maravilha, preparadora de goleiras da Sub-17, e sua sucessora na meta da Seleção Feminina Principal
Créditos: Adriano Fontes/CBF

Pioneira, Meg atua como auxiliar pontual na Seleção Feminina Sub-17 Pioneira, Meg atua como auxiliar pontual na Seleção Feminina Sub-17
Créditos: Adriano Fontes/CBF

PATROCINADORES

Seleção Brasileira nike guarana antarctica vivo itau mastercard voe gol bitci free fire kwai grupo cimed fiat pague menos semp tcl cafe 3 corações techno gym stats ports kin analytics globus brasil