Nova auxiliar técnica da Seleção Feminina Sub-17, Enir Ranzani está confiante com início do trabalho

Nova auxiliar técnica da Seleção Feminina Sub-17, Enir Ranzani está confiante com início do trabalho

Enir Ranzani se juntou à comissão técnica de Simone Jatobá em janeiro e participou do período de treinamentos em Pinheiral (RJ).

Jogo-treino da Seleção Feminina Sub-17 x Santos Sub-14 em Pinheiral. Enir. Jogo-treino da Seleção Feminina Sub-17 x Santos Sub-14 em Pinheiral. Enir.
Créditos: Thais Magalhães/CBF

Um novo ano começou dentro da Seleção Feminina Sub-17. Além da renovação nas convocadas para o período de treinamentos em Pinheiral (RJ), a comissão técnica também reserva novidades para um recomeço do projeto. A auxiliar técnica Enir Ranzani chegou em janeiro para integrar a equipe de Simone Jatobá e comenta sobre o novo cargo. A nova assistente chega para o lugar de Lindsay Camila, que recebeu convite para trabalhar à frente da Ferroviária. 

“Eu recebi o convite no início do ano, partindo da Simone, ela comentou que estava precisando de uma auxiliar-técnica e que ela confiava no meu trabalho. Fiquei muito feliz porque servir a Seleção Brasileira é uma honra, ainda mais no futebol feminino, que é uma modalidade que eu pratico desde os 11 anos. Eu pretendo realizar um trabalho que atenda as expectativas da Simone Jatobá, da CBF, da Seleção para que possamos evoluir cada vez mais essa modalidade”, declarou Enir.

Com 55 anos de idade, Enir dedicou a maioria deles ao esporte. Seu caminho com a bola começou com apenas 11 anos, quando ela disputou torneios de futsal em Naviraí, no Mato Grosso do Sul. A experiência nos gramados veio mais tarde, aos 22 anos de idade. Jogou em clubes como o Internacional, Coritiba, Athletico-PR e Paraná. Em 1995, foi titular do SAAD, um dos primeiros clubes brasileiros a abrir as portas para o futebol feminino, e pendurou as chuteiras com 36 anos.

Jogo-treino Seleção Feminina Sub-17 x Santos Volta Redonda Sub-17 em Pinheiral. Simone Jatobá e Enir. Enir entrou em janeiro para a comissão técnica da Seleção Feminina Sub-17
Créditos: Adriano Fontes/CBF

Entre um campeonato e outro, Enir conseguiu se formar em Educação Física e aliou sua experiência para trabalhar com pré-adolescentes depois de encerrar a carreira como jogadora. A bagagem adquirida com a área da educação foi importante para Simone Jatobá pensar em Enir para dividir a comissão técnica do Brasil. 

“Trabalhar com a Simone Jatobá é muito gratificante porque ela é uma excelente profissional. Ela tem experiência na área e consegue conciliar muito bem a teoria com a prática. Usa uma metodologia que faz com que as meninas dessa categoria consigam assimilar com facilidade. Pretendo colaborar com o máximo para que possamos desenvolver um trabalho em conjunto, somando experiências e idealizações e que consigamos alcançar o nosso objetivo principal que é participar de campeonatos importantes. Além de trazer boas colocações para a modalidade e para a categoria”, continuou.

Jogo-treino da Seleção Feminina Sub-17 x Santos Sub-14 em Pinheiral. Enir e Simone Jatobá. Enir e Simone Jatobá conversando antes do jogo-treino, em Pinheiral (RJ)
Créditos: Thais Magalhães/CBF

Enir esteve junto com Simone acompanhando o Brasileiro Feminino Sub-18, em Sorocaba, em janeiro. Agora, ela vivencia o primeiro período de convocação do novo elenco da Seleção Feminina Sub-17 que terminou nesta sexta-feira (26). A auxiliar avaliou o desempenho das atletas e fez projeções sobre o novo ciclo.

“Estamos felizes com essa primeira convocação que está acontecendo neste início de ano. Estou bastante contente com o grupo e confiante que ele possa evoluir de uma maneira que consiga apresentar bons resultados futuramente. Tem muitas coisas e situações a serem melhoradas e corrigidas, tanto tecnicamente quanto taticamente. Estamos aqui para desenvolver um trabalho que venha ao encontro dessas necessidades que elas têm apresentado, e o que nós temos em mãos é um grupo muito bom. Estamos confiando bastante e acreditamos que elas têm tudo para evoluir”, encerrou.

PATROCINADORES

Seleção Brasileira Nike Guaraná Antártica VIVO ITAÚ Mastercard GOL CIMED SEMP TCL FIAT Pague Menos BitCi 3 Corações Techno Gym Stat Sports Kin Analytics Globus