Estreante na Seleção Sub-20, Amanda destaca ‘sonho’ de vestir a Amarelinha

Estreante na Seleção Sub-20, Amanda destaca ‘sonho’ de vestir a Amarelinha

Goleira da equipe do Altético-MG, Amanda foi convocada após confirmada a lesão da goleira Ravena, do Fluminense.

Goleira Amanda durante a janela de preparação da Seleção Feminina Sub-20, em Pinheiral (RJ). Goleira Amanda durante a janela de preparação da Seleção Feminina Sub-20, em Pinheiral (RJ).
Créditos: Adriano Fontes/CBF

O período de preparação da Seleção Feminina Sub-20, em Pinheiral (RJ), ficará marcado para sempre na memória da goleira Amanda. Afinal de contas, a janela da Data FIFA, que se estende até o dia 16 de junho, marca a primeira convocação da carreira da jovem atleta. Estreante com a Amarelinha, a arqueira destacou que a notícia foi um sonho realizado.

Ao site da CBF, a arqueira do Atlético-MG narrou como foi sua reação ao saber que tinha sido convocada pelo técnico Jonas Urias. Amanda foi chamada na vaga da goleira Ravena, do Fluminense, que se ausentou por conta de lesão. Até por essas circunstâncias, a jovem admitiu que sentiu um misto de emoções ao integrar a Seleção Feminina Sub-20.

“A comissão técnica do meu clube me chamou pra conversar e então eles deram a notícia de que eu havia sido convocada. Na hora, minha reação não poderia ser diferente. Fiquei muito feliz e emocionada pois sempre foi um sonho pra mim”, destacou Amanda, antes de explicar como se sentiu por conta da lesão de Ravena, sua companheira de posição.

“Foi exatamente uma mistura de sentimentos. Eu fiquei muito feliz pela minha primeira convocação para a Seleção, e ao mesmo tempo muito sentida pela lesão da Ravena. Desejo uma boa e rápida recuperação pra ela”, frisou a goleira do Galo e da Canarinho.

Apesar da pouca idade, Amanda já compõe o elenco da equipe principal do Atlético-MG, que disputa o Campeonato Brasileiro Feminino A-2. A goleira, inclusive, já entrou em campo durante a edição de 2021 do torneio nacional.

“Na verdade, entrei em um desses jogos (do Feminino A-2). A gente vem de uma boa e forte pré-temporada onde o grupo se uniu e entramos em um só pensamento, estamos comprometidas com o grupo e, claro, buscando metas individuais. Os torneios de base são importantes pelo fato de dar oportunidade e visibilidade”, concluiu.

O período preparatório da Seleção Feminina Sub-20 se encerra nesta quarta-feira (16). Além dos treinos aplicados por Jonas Urias e sua comissão técnica, a Canarinho fez um jogo-treino diante do Botafogo Feminino, que disputa o Brasileirão Feminino Neoenergia, e saiu vitorioso.

Amanda (à esquerda), ao lado das companheiras de posição e dos preparadores da Seleção Sub-20 Amanda (à esquerda), ao lado das companheiras de posição e dos preparadores da Seleção Sub-20
Créditos: Adriano Fontes/CBF

 

 

PATROCINADORES

Seleção Brasileira Nike Guaraná Antártica VIVO ITAÚ Mastercard GOL CIMED SEMP TCL FIAT Pague Menos BitCi 3 Corações Techno Gym Stat Sports Kin Analytics Globus