Djenifer: dois gols na competição

Djenifer: dois gols na competição

Jogadora se machucou na penúltima etapa de treinamento e quase ficou de fora do campeonato

SUB20 FEMININA DJENIFER 22

Créditos: Rafael Ribeiro / CBF

Foram quase 20 dias de tratamento intensivo, só Djenifer sabe o quanto lutou para chegar 100% ao Sul-Americano Sub-20 Feminino. A volante da Seleção Brasileira se machucou no último jogo-treino da penúltima etapa de treinamento para a competição.

Da penúltima para última fase de trabalho, a jogadora teve seis dias em casa, mas nada de férias. A orientação era a de que ela não andasse e fizesse exercícios específicos, passados pelo fisioterapeuta Amir Curcio.

- O que eu mais queria era estar pronta para o Sul-Americano e sabia que tinha que fazer exatamente o que eles me mandaram.

Quando voltou a Pinheiral, local dos treinos da Sub-20, Djenifer não teve descanso: eram quatro sessões de fisioterapia por dia. A expectativa era a de que a volante só pudesse jogar a terceira partida da fase de grupos. Mas os fisioterapeutas Amir Curcio e Gustavo Nakaoka, junto com a médica Vanessa Resende, trabalharam duro para recuperá-la.

Djenifer jogou 20 minutos da partida de estreia, contra o Chile. No segundo confronto, contra o Uruguai, a camisa 8 da Seleção começou como titular e marcou seu primeiro gol em Sul-Americano. No quarto jogo, contra a Venezuela, a volante fez um golaço, no ângulo, indefensável.

- Eu estou me sentindo muito bem. Quero sempre ajudar a minha equipe, se puder fazer gols, melhor ainda.

A jogadora disputou o Sul-Americano e o Mundial Sub-17 em 2012. Na Copa do Mundo do Azerbaijão, Djenifer marcou seu primeiro gol com a camisa canarinho contra a Alemanha, nas quartas-de-final.

PATROCINADORES

Seleção Brasileira