Brasil e África do Sul equilíbrio em único jogo na Feminina Sub-17

Brasil e África do Sul equilíbrio em único jogo na Feminina Sub-17

Único jogo entre as duas seleções foi no Torneio BRICS, em julho deste ano, e terminou em um empate, em 0 a 0. O Brasil foi campeão da competição

Treino oficial da Seleção Feminina Sub-17 antes de enfrentar a África do Sul pela Copa do Mundo - Luizão

Créditos: Marcos Paulo Rebelo/CBF

Equilíbrio, assim pode-se descrever o confronto entre e Brasil e África do Sul, pela última rodada da fase de grupo do Mundial Feminino Sub-17. Nas categorias de base do feminino, as duas equipes se enfrentaram apenas uma vez. O duelo aconteceu em julho deste ano, em Joanesburgo, no Torneio BRICS, que contou também com Rússia, China e Índia. Na oportunidade, o jogo terminou em um empate sem gols. As Canarinhas foram campeãs do torneio, ao terminarem em primeiro na classificação final com 10 pontos, as sul-africanas ficaram em terceiro com 5 pontos.

De lá pra cá as duas equipes tiveram quatro meses para preparem para o Mundial. Em relação ao plantel brasileiro, das jogadoras que estiveram na competição, pouco mudou, apenas duas alterações para a entrada de Yasmin e Thayciane.

Só a vitória interessa para as duas equipes. Para o Brasil avançar na competição, precisa vencer o jogo e torcer por uma vitória do Japão sobre o México. Outra possibilidade seria uma goleada das mexicanas sobre as japonesas, mas ainda assim precisaria de uma combinação de saldo de gols para avançar às quartas de final.

-A expectativa é muito grande! É mostrar a confiança que nós temos nas nossas atletas, elas estão em alto nível e tem capacidade de buscar o resultado e, acima de tudo, precisamos sempre falar, de forma positiva, que elas são capazes de conseguir a vitória e a classificação - revela Luizão. 

Depois de oito anos sem participar do Mundial Feminino Sub-17, que acontece a cada dois anos, a África do Sul conseguiu uma das três vagas da do continente africano. Na primeira rodada, empatou  em 0 a 0 com o México, já diante do Japão perdeu por 6 a 0. Para avançaram às quartas de final a situação é mais complexa, precisam tirar uma diferença de sete gols de saldo, precisaria golear o Brasil e também torcer por um placar elástico do México sobre o Japão. 

Na terça-feira (20), às 14h local (15h de Brasília), Brasil e África do Sul farão o último duelo da fase de grupos. O jogo será transmitido pelo Sportv 2. No mesmo horário, Japão e México jogarão em Maldonado. 

 

 

PATROCINADORES

Seleção Brasileira