Brasil bate a Colômbia e segue na luta pelo título

Brasil bate a Colômbia e segue na luta pelo título

Seleção Feminina vence por 1 a 0 e, com a mesma pontuação das adversárias, continua na briga pelo título da competição, que garantirá três seleções no Mundial

Seleção Feminina Sub-17 enfrenta Colômbia no quadrangular final do Sul-Americano, na Argentina

Créditos: Fernanda Coimbra/CBF

A Seleção Feminina Sub-17 segue firme na luta pelo título do Sul-Americano. Após ser superada pelo Uruguai, na abertura do Quadrangular Final do Sul-Americano Sub-17, o Brasil mostrou poder de reação nesta sexta-feira (23), bateu a Colômbia por 1 a 0 no estádio Bicentenário de San Juan, em San Juan, na Argentina, e, com a mesma pontuação das adversárias, continua na briga pelo título da competição, que garantirá três seleções na Copa do Mundo da categoria. País-sede, o Uruguai tem uma vaga assegurada.

Com o gol de Jheniffer, aos 14 minutos do segundo tempo, a Seleção Brasileira Feminina Sub-17 alcançou a primeira vitória na fase final e empatou em número de pontos com as concorrentes. Dessa maneira, Brasil, Uruguai, Colômbia e Venezuela entram em campo na última rodada, domingo (25), com chances de título.

O JOGO

O equilíbrio foi a marca do primeiro tempo. Com muita luta pelo domínio do meio de campo, Brasil e Colômbia apostaram nos chutes de longa distância para buscar o gol. Mais perigosa, a Seleção Brasileira assustou em dois chutes potentes de Julia. Logo aos três minutos, a camisa 18 arriscou de fora da área e carimbou a trave. As colombianas responderam na mesma moeda, aos oito minutos, e a goleira Lucilene espalmou para escanteio. Na reta final, aos 41 minutos, Julia voltou a levar perigo. Após limpar a marcação, a meia soltou a bomba e exigiu uma boa defesa de Lugo Torres.

Com mais posse de bola na etapa final, as meninas brasileiras passaram a dominar as ações, e o gol não demorou muito a sair. Aos 14 minutos, em grande jogada coletiva, Jheniffer recebeu de Emily em profundidade e, na saída da goleira, tocou para abrir o placar, 1 a 0. Aos 22, o Brasil quase ampliou após jogada de Duda, mas a zaga colombiana afastou. Três minutos depois, a Colômbia tentou responder em chute de longe, que parou nas mãos de Lucilene. Nos minutos finais, a Seleção Brasileira segurou as investidas das adversárias e garantiu o triunfo.

BRASIL: Lucilene; Bruna, Isadora, Yasmin e Gisseli; Duda, Julia (Larissa) e Miriam (Lauren); Queila, Jheniffer e Emily (Layssa). Técnico: Luisão

PATROCINADORES

Seleção Brasileira Mastercard GOL CIMED SEM TCL FIAT English Live Ultrafarma Technogym Statsports