Torcida dá show de solidariedade e vive nostalgia em jogo do Brasil de Masters em Fortaleza

Torcida dá show de solidariedade e vive nostalgia em jogo do Brasil de Masters em Fortaleza

Seleção Brasileira de 94 reencontra o torcedor, sente calor do povo cearense, mata a saudade e faz a festa da torcida no Presidente Vargas

Seleções de Lendas 94 - Brasil x Itália Masters Seleções de Lendas 94 - Brasil x Itália Masters
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Romário, Bebeto, Cafu, Taffarel... A torcida brasileira matou a saudade de muitos craques da história da nossa Seleção nesta quinta-feira. No estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, mais de 18 mil torcedores acompanharam o jogo entre Brasil e Itália, relembrando a final da Copa do Mundo de 1994. Dentro de campo, a Itália venceu por 1 a 0, placar bem diferente do que consagrou a Seleção nos Estados Unidos. Mas isso não atrapalhou a festa da torcida.

A nostalgia bateu forte. Afinal, não é todo dia que se vê um embate com tantos jogadores históricos. Na arquibancada, foi só a Seleção entrar em campo para a euforia reinar. De um lado, era "Ê, ô, ê, ô, o Romário é o terror". Do outro, gritos intermináveis pelo goleiro Taffarel. Na hora que Bebeto pegava na bola, os presentes no estádio se levantavam e aumentavam o volume.

Titular da Seleção na Copa do Mundo e nesta quinta-feira, o zagueiro Aldair exaltou a presença da torcida, mas lamentou o placar adverso diante dos torcedores cearenses.

- O público mereceu esse espetáculo, foi importante. Claro que queríamos um resultado melhor. Mas é sempre bom reencontrar os velhos companheiros. É bom para a galera se preparar um pouco. A camisa é muito grande, pesada, que nos próximos a gente consiga uma vitória.

Mais do que uma festa, a torcida ainda deu um show de solidariedade. Isso porque a CBF disponibilizou postos de troca em Fortaleza para que os torcedores conseguisem ingressos com a doação de alimentos. Antes da bola rolar, a Cruz Vermelha Brasileira do Ceará recebeu um cheque simbólico com o resultado desta ação: quatro toneladas de alimentos doados.

A partida entre Brasil e Itália marcou o retorno da Seleção Brasileira de Masters. Daqui para frente, lendas históricas da Seleção voltarão a vestir a camisa amarelinha, lembrando e valorizando os grandes craques da história mais bonita do futebol mundial. Duas vezes campeão do mundo, o lateral Cafu aproveitou para enaltecer a oportunidade de rever grandes amigos.

- É sempre um prazer enorme encontrar essa galera. Foi um jogo atípico, o nível físico não é o mesmo, mas encontrar a Itália novamente, esse grupo, é um grande prazer. Pudemos ver o Bebeto e o Romário jogando juntos novamente, Jorginho, Taffarel, eu. Tivemos a possibilidade de mostrar para as novas gerações a história que fizemos - refletiu.

PATROCINADORES

Seleção Brasileira Nike Itaú VIVO Guaraná Antártica Mastercard GOL CIMED Semp TCL FIAT 3 Corações Techno GYM STAT Sports