Marquinhos Xavier destaca contribuição brasileira no desenvolvimento social do futsal

Marquinhos Xavier destaca contribuição brasileira no desenvolvimento social do futsal

Técnico ressaltou a colaboração do Brasil ao futsal mundial após partida com Comores, país que disputa a modalidade há poucos anos

09/04 - Treino da Seleção Masculina de Futsal em Rocbaron, na França. Marquinhos Xavier 09/04 - Treino da Seleção Masculina de Futsal em Rocbaron, na França. Marquinhos Xavier
Créditos: Thais Magalhães/CBF

A Seleção de Futsal encerrou a Data FIFA de abril com 100% de aproveitamento. O jogo que fechou esse período foi contra Comores – que terminou 5 a 1 para o Brasil. Acima do resultado, o fator social no desenvolvimento do futsal foi um quesito bastante relevante e superou o placar do embate entre brasileiros e comorenses. O técnico Marquinhos Xavier ressaltou o quanto essa perspectiva ultrapassa o "campo e bola".

“Aproveitamos esses dias para seguir nosso ciclo de trabalho e finalizamos com o jogo que transcende muito as quatro linhas. Uma partida que tem uma conotação um pouco mais festiva. Conotação de um jogo que a gente colabora também no desenvolvimento de um país, que sonha a crescer como todos os outros”, exaltou.

Seleção de Futsal encara Comores no último compromisso na Europa nesta Data FIFA Seleção de Futsal encara Comores no último compromisso na Europa nesta Data FIFA
Créditos: Thais Magalhães/CBF

Já analisando o desempenho em quadra da equipe, Marquinhos chamou a atenção para o todo o contexto destes jogos, que partiram de um pressuposto diferente do comum.

“A avaliação é positiva. O cenário é diferente, pois chegamos na França já jogando, praticamente, invertendo o que costuma acontecer. Isso em função de se adequar a determinados protocolos. As exigências do próprio mandante, que no caso, organizou a competição. Depois, a oportunidade de permanecer no país mais alguns dias, alongando um pouco nossa preparação”, declarou antes de completar sobre a rotatividade do elenco que foi possível acontecer nesses duelos.

“Um bom rendimento de todos. Fiquei feliz por poder dar oportunidade a alguns atletas e eles devolverem a confiança. Isso é importante. Em datas e situações como essas, temos que continuar o nosso ciclo de trabalho, pensando sempre em fortalecer a Seleção”, completou.

Seleção de Futsal encara Comores no último compromisso na Europa nesta Data FIFA. Guilhermão, Arthur, João Victor e Marcênio Seleção de Futsal encara Comores no último compromisso na Europa nesta Data FIFA. Guilhermão, Arthur, João Victor e Marcênio
Créditos: Thais Magalhães/CBF

O treinador brasileiro também falou sobre a renovação no elenco da Seleção. Segundo ele, esse processo ocorre desde a última Copa do Mundo.

“A renovação é uma exigência desse ciclo. Já está em um processo secundário, podemos dizer. Isso, inclusive, começou dentro do Mundial. Ela é ampla, então não é simples de ser feita. Gradativamente vamos podendo oportunizar”, afirmou antes de completar:

“O legal desse grupo que esteve aqui, foi o caráter coletivo. Todos encararam a exigência de sermos mais coletivos, do que individual, em função da convocação, das mudanças e do perfil dos atletas. Resgatamos algumas coisas. Agora é manter o que foi feito e acrescentar oportunidades para outros atletas na medida que avançamos”, concluiu.

PATROCINADORES

Seleção Brasileira