Chimba e Rangel celebram estreia com a camisa da Seleção Brasileira de Futsal: ‘Experiência única’

Chimba e Rangel celebram estreia com a camisa da Seleção Brasileira de Futsal: ‘Experiência única’

Ala e fixo foram chamados pela primeira vez pelo técnico Marquinhos Xavier para defender a camisa do Brasil e compartilham o mesmo sentimento

Segundo amistoso da Seleção Brasileira de Futsal: Brasil x Marrocos. Rangel e Valerio de Lima Segundo amistoso da Seleção Brasileira de Futsal: Brasil x Marrocos. Rangel e Valerio de Lima
Créditos: Douglas Pingituro/CBF

Dois atletas debutaram pela Seleção de Futsal nesta Data FIFA de novembro. O fixo Rangel e o ala Chimba foram chamados pela primeira vez para integrarem a Canarinha para os dois amistosos contra o Marrocos, realizados no ginásio Sport Center of Laayoune, casa do adversário.

Atleta do Kairat, do Cazaquistão, Rangel agradeceu ao treinador Marquinhos Xavier e à comissão técnica pela convocação para representar a Seleção Brasileira nesses jogos.

“Agradeço primeiramente ao professor Marquinhos Xavier por ter lembrado do meu nome e acreditar no meu trabalho. Ele ampliou a visão do monitoramento também para os atletas que estão longe do mercado do Brasil, como o Cazaquistão, onde estou no momento. Ser lembrado, representar a Seleção, ter a chance de mostrar o seu trabalho, é sempre gratificante. Estou muito feliz pela oportunidade. É difícil chegar, mas sei que é mais complicado ainda permanecer. Mas continuarei trabalhando para cada vez ser mais lembrado.”

O fixo descreveu a sensação de estar defendendo o Brasil. Ele destacou o sentimento diferente que é entrar em quadra com a camisa da Seleção.

“É sempre um orgulho estar representando o país. Sei o quanto é difícil fazer parte da Seleção, o que é preciso passar no decorrer da carreira para poder ser chamado. Sei que existem muitos jogadores de qualidade e quando nosso nome é lembrado, é motivo de muito orgulho. Quando toca o hino vestindo a Amarelinha é diferente. Vou trabalhar cada vez mais para que outras oportunidades de estar representando o Brasil em momentos importantes surjam."

Segundo amistoso da Seleção Brasileira de Futsal: Brasil x Marrocos. Rangel Segundo amistoso da Seleção Brasileira de Futsal: Brasil x Marrocos. Rangel
Créditos: Douglas Pingituro/CBF

Quem compartilha do mesmo sentimento é o ala Chimba, do Gazprom-Ugra Yugorsk (RUS), também chamado pela primeira vez por Marquinhos Xavier para defender a Canarinho.

“É muito diferente. Experiência única. Estou muito feliz. Só tenho a agradecer à comissão técnica e ao Marquinhos Xavier por ter me convocado para fazer parte desses amistosos. É só gratidão. Já tenho história para contar aos meus filhos que defendi a camisa da Seleção Brasileira. Estou muito feliz.”

Primeiro amistoso da Seleção Brasileira de Futsal em Laayoune: Brasil x Marrocos. Valerio de Lima Primeiro amistoso da Seleção Brasileira de Futsal em Laayoune: Brasil x Marrocos. Valerio de Lima
Créditos: Douglas Pingituro/CBF

Rangel finalizou afirmando que seguirá trabalhando forte para ter outras oportunidades de voltar à Seleção e continuar vivendo um sonho que vem desde cedo.

“É uma avaliação que será feita pela comissão técnica (sobre o retorno). Meu trabalho é tentar de alguma maneira colocar as minhas características, qualidades e virtudes em prol da equipe. Seja fazendo o trabalho ofensivo ou defensivo. Independentemente do que precisar ser feito, estarei fazendo. O importante é estar à altura do que a Seleção Brasileira merece. Saio daqui com uma sensação maravilhosa, única, com orgulho. Pode ter certeza que vou trabalhar mais do que nunca, como venho desde os meus 15 anos. Vou dar sequência no meu clube, nos torneios, competições importantes, para estarmos representando nossa Seleção em outras oportunidades. Espero um dia estar jogando diante da nossa torcida também e fazer o melhor pelo nosso país."

PATROCINADORES

Seleção Brasileira nike guarana antarctica vivo itau mastercard voe gol bitci free fire kwai grupo cimed fiat pague menos semp tcl cafe 3 corações techno gym stats ports kin analytics globus brasil