Debaixo de chuva, Seleção Sub-17 treina de olho nas oitavas do Mundial

Debaixo de chuva, Seleção Sub-17 treina de olho nas oitavas do Mundial

Com grupo dividido em dois, Brasil retoma atividades a três dias do confronto com o Chile

Seleção Brasileira Sub-17 treina no CT do Brasiliense Seleção Brasileira Sub-17 treina no CT do Brasiliense
Créditos: Alexandre Loureiro/CBF

A chuva tem acompanhado de perto a Seleção Brasileira neste Mundial Sub-17. Na tarde deste domingo, ela voltou a dar as caras no CT do Brasiliense, onde parte dos jogadores treinaram. Com o reforço do goleiro Matheus Donelli, os atletas que não começaram a partida contra Angola foram a campo - e saíram de lá encharcados. O resto dos titulares no triunfo fizeram um trabalho regenerativo na academia. Eles tiveram a companhia do zagueiro Renan, que continua em processo de recuperação de uma lesão na coxa direita.

Essa foi a primeira atividade depois do encerramento da fase de grupos. Até aqui, foram três vitórias e 100% de aproveitamento. Na estreia, a Seleção derrotou o Canadá por 4 a 1 debaixo de uma chuva torrencial no Bezerrão. Ela ainda apareceu nos dois jogos seguintes, contra Nova Zelândia, no Bezerrão, e contra Angola, este no Olímpico, em Goiânia. 

O Brasil agora se prepara para o duelo da próxima quarta-feira, contra o Chile, no Bezerrão. Os dois times se enfrentam por uma vaga nas quartas de final. 

- A gente sabe que vai ser um jogo difícil, mas está bem tranquilo, bem confiante, pelos nossos treinos, pelo que estamos construindo. A gente vai bem confiante para o próximo jogo - disse o meia Daniel Cabral, que fez parte do grupo que ficou na academia.

Nesta segunda-feira, o grupo estará completo para o treinamento no Abadião, estádio do Ceilândia, na primeira atividade após a definição do adversário das oitavas de final.


PATROCINADORES

Seleção Brasileira