Com emoção, Vitória é campeão da Libertadores de Beach Soccer

Com emoção, Vitória é campeão da Libertadores de Beach Soccer

Título é conquistado somente na disputa de pênaltis. Nelito é o grande destaque do jogo

Vitória-BA 8 (3) x (2) 8 Vasco da Gama - Libertadores de Beach Soccer Vitória-BA 8 (3) x (2) 8 Vasco da Gama - Libertadores de Beach Soccer
Créditos: Joao Vital/CBSB

O confronto entre Vasco e Vitória-BA na decisão da Conmebol Libertadores Fútbol Playa 2018 teve todos os ingredientes de uma grande final. Arena do Parque Olímpico da Barra lotada, placar apertado durante toda a partida, prorrogação e pênaltis. No fim, quem saiu sorrindo foi o Vitória, que conquistou o troféu intercontinental pela primeira vez.

Artilheiro do jogo com quatro gols, Nelito falou após o título.

“A gente sabia que tinha que dar mais do que poderia para sair campeão. Fizemos uma semifinal muito desgastante no sábado, onde também ganhamos nos pênaltis, e hoje de novo foi assim. Graças a Deus deu tudo certo. Vamos levar esse troféu da Libertadores pra Salvador com muita festa”, afirmou.

A partida foi realmente emocionante. O time do Vasco, atual bicampeão da competição e favorito ao tri, já que conta com craques da atual Seleção Brasileira em seu elenco, como Bokinha, Mauricinho, Rafinha entre outros, começou bem o jogo. Nem a expulsão do ídolo Jorginho, que botou a mão na bola para evitar o gol adversário, tirou o ímpeto cruzmaltino, que terminou o primeiro tempo com 3 a 1 a favor no placar e mostrou a todos que não iria dar brecha para o Vitória.

No entanto, a manhã inspirada de Nelito, outro craque da nova geração que também aparece com frequência nas convocações da seleção, colocou sua equipe na partida. O baiano mostrou toda sua força e técnica e marcou 3 gols nos dois tempos restantes, ajudando o Vitória a chegar ao empate. A partida foi para a prorrogação e ele novamente balançou a rede vascaína. A equipe carioca contou com Antônio para empatar e fazer o jogo ir para os pênaltis.

Nas três cobranças de cada lado, o atacante Bokinha abriu a contagem para o Vasco, mas parou na mão do paredão Thiago, para delírio dos torcedores baianos presentes no Parque Olímpico. Anderson cobrou para o Vitória e marcou. Na sequência, Antônio fez para o Vasco e Sidney, de cavadinha, para os baianos. Na última sequência, Rafinha não desperdiçou para os cariocas e ele, Nelito, fez o gol que sacramentou o título rubro-negro.

Veja como foio jogo entre Vitória-BA 8 (3) x (2) 8 Vasco da Gama
1º tempo
Vitória 1 x 3 Vasco
Gols: Nelito (Vitória) • Jordan, Benjinha e Antônio (Vasco)

2º tempo
Vitória 2 x 2 Vasco
Gols: Reyder e Nelito (Vitória) • Jordan e Antônio (Vasco)

3º tempo
Vitória 4 x 2 Vasco
Gols: Nelito (2), Thiago e gol contra (Vitória) • Mauricinho e Jordan (Vasco)

Tempo extra
Vitória 1 x 1 Vasco
Gols: Nelito (Vitória) • Antônio (Vasco)

Pênaltis
Vitória 3 x 2 Vasco
Gols: Anderson, Sidney e Nelito (Vitória) • Antônio e Rafinha (Vasco)
*Bokinha perdeu o pênalti para o Vasco

Confira a campanha do Vitória na Libertadores 2018:
1ª rodada: Vitória-BA 7 x 1 Acassuso-ARG
2ª rodada: Vitória-BA 4 x 3 Monagas Dífalo-VEN
3ª rodada: Vitória-BA 5 (3) x (2) 5 Bella Vista-URU (nos pênaltis)
Quartas de final: Vitória-BA 6 x 0 La 25 Export-COL
Semifinal: Vitória-BA 6 (3) x (2) 6 Sampaio Corrêa-MA
Final: Vitória-BA 8 (3) x (2) 8 Vasco da Gama-RJ

Artilharia:
Nelito – 9 gols
André Bigode – 5 gols
Caíque – 5 gols
Anderson – 3 gols
Reyder – 3 gols

Sidney – 2 gols
Fred – 2 gols
Alisson – 2 gols
Kanela – 1 gol
Thiago – 1 gol
*Tiveram 3 gols contra a favor do Vitória na competição

Gols marcados: 36
Gols sofridos: 23


Veja mais

PATROCINADORES

Seleção Brasileira Nike Itaú VIVO Guaraná Antártica Mastercard GOL CIMED Semp TCL FIAT 3 Corações Techno GYM STAT Sports