Brasil e Paraguai fazem a final da Liga Sul-Americana de Beach Soccer

Brasil e Paraguai fazem a final da Liga Sul-Americana de Beach Soccer

Seleção Brasileira enfrenta o Paraguai nesta sexta-feira (5) e no sábado (6) pela Liga Sul-Americana Conmebol de Beach Soccer. Jogos serão no Parque Olímpico

Seleção Brasileira de Beach Soccer faz treino na praia do Leme antes das finais do Sul-americano

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

O final de semana será movimentado no Parque Olímpico da Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro. Nesta sexta-feira (5) e sábado (6), o principal polo esportivo da Cidade Maravilhosa abre suas portas para o beach soccer. Pela primeira vez será realizada uma partida oficial da Seleção Brasileira no local, que ganhou fama mundial após as Olimpíadas do Rio em 2016.

Brasil e Paraguai se enfrentarão em dois dias para definirem quem será o campeão da Liga Sul-Americana Conmebol 2017. A competição dividiu os países da América do Sul em dois grupos, Norte e Sul. Os brasileiros foram campeões do primeiro, enquanto os paraguaios do segundo. Agora, ambos se enfrentam nas categorias sub-20 e adulto masculino, onde cada vitória valerá três pontos. O país campeão será aquele que somar a maior pontuação no total. A entrada e o estacionamento serão gratuitos para o público.

Entre os selecionáveis estão nomes de peso como o goleiro Mão e o defensor Bruno Xavier – capitão do time, além de novos talentos do esporte, com destaque para o atacante Mauricinho, eleito pela Beach Soccer Worldwide (BSWW) o melhor jogador do mundo em 2017. Os três, além de Lucão, Datinha e Rodrigo, todos também atacantes, estão na lista dos 50 nomes indicados ao prêmio de melhor do mundo de 2018. O técnico Gilberto Costa, que levou o troféu no ano passado, está na disputa novamente ao lado de outros 11 treinadores.

– Fizemos uma primeira fase muito boa, com jogos onde dominamos os adversários de forma muito sólida. Agora vamos disputar essa final para manter nossa hegemonia no continente. Mas não será fácil. O Paraguai hoje em dia é uma das potências do esporte e teremos que suar muito a camisa para derrotá-los. Mas contamos com o apoio da nossa torcida para levantar mais um troféu para o país - disse o capitão Bruno Xavier.

Rodrigo Royo, presidente da Confederação de Beach Soccer do Brasil – CBSB, instituição criada em 2015 e reconhecida por CBF, Conmebol e FIFA como entidade máxima da modalidade no país, mostra otimismo sobre o futuro do esporte e o novo local para competições no Rio de Janeiro.

– Vivemos um momento de renovação, dentro e fora das quatro linhas. Realizamos competições estaduais nos quatro cantos do país, dando oportunidades para atletas do masculino e feminino, adulto e sub-20. Na seleção, montamos uma comissão técnica capitaneada pelo Gilberto, técnico mais vitorioso da história do Beach Soccer, com títulos mundiais por clubes e pela Seleção Brasileira. Formamos um grupo fixo na categoria sub-20, algo inédito em 25 anos de esporte. E agora temos uma nova casa, com toda a estrutura para os atletas e de fácil acesso para o público, com estacionamento e entrada gratuitos e ao lado do BRT. Será um sucesso - espera o dirigente, que ainda salientou a importância do talento dos jogadores.

A Seleção Brasileira, atual pentacampeã da Copa do Mundo FIFA – o último título foi conquistado em Bahamas, ano passado – está invicta há 57 partidas sob o comando de Gilberto Costa, que assumiu em janeiro de 2016.

No retrospecto contra o Paraguai, temos ampla vantagem. Até hoje foram 26 partidas com 23 triunfos verde-amarelos, sendo o último deles por 7 a 3, em março deste ano, na decisão da Copa América, em Lima (Peru). Das três derrotas para a seleção guarani, duas foram nos pênaltis e a outra na prorrogação. O Brasil já marcou 207 gols e sofreu apenas 79, tendo enfrentado os paraguaios em seis das oito edições que disputou das Eliminatórias Conmebol (seis vitórias). O retrospecto em decisões também é amplamente favorável aos brasileiros, com cinco vitórias em cinco finais.

Após a disputa da final da Liga Sul-Americana Conmebol 2017, a delegação brasileira segue no Rio de Janeiro e retoma o período de treinos no campo na praia do Leme. Todos vão se preparar para a edição de 2018 da competição, que será realizada de 16 a 21/10, na Colômbia.

Confira a programação completa do final de semana no Parque Olímpico:

Sexta (05/10):
– 9h15: amistoso Botafogo x Geração – sub-20 masculino
– 10h30: amistoso Botafogo x Geração – adulto masculino
– 11h45: amistoso Botafogo x Boavista – sub-20 masculino
– 12h: Festival de Beach Soccer – projetos sociais
– 14h15: FINAL LIGA SUL-AMERICANA CONMEBOL 2017 – Brasil x Paraguai – sub-20 masculino
– 16h: FINAL LIGA SUL-AMERICANA CONMEBOL 2017 – Brasil x Paraguai – adulto masculino

Sábado (06/10)
– 7h30: amistoso Geração x Bovista – feminino
– 8h: Festival de Beach Soccer – projetos sociais
– 9h15: FINAL LIGA SUL-AMERICANA CONMEBOL 2017 – Brasil x Paraguai – sub-20 masculino
– 11h: FINAL LIGA SUL-AMERICANA CONMEBOL 2017 – Brasil x Paraguai – adulto masculino


Veja mais

PATROCINADORES

Seleção Brasileira Mastercard GOL CIMED SEM TCL FIAT English Live Ultrafarma Technogym Statsports