Com dois gols de Richarlison, Brasil vence Gana em amistoso na França

Amistosos 2022

Estádio Océane, em Le Havre (França) Sexta, 23 de Setembro de 2022 15:30
Brasil

Brasil

Gana

Gana

Seleção Brasileira

Com dois gols de Richarlison, Brasil vence Gana em amistoso na França

Em penúltimo amistoso antes da Copa do Mundo, equipe faz ótimo primeiro tempo e deixa boa impressão na França

A dupla Neymar e Richarlison fez a diferença no penúltimo amistoso da Seleção Brasileira antes da Copa do Mundo FIFA 2022 Qatar. Com duas assistências do camisa 10 e dois gols do centroavante, a equipe comandada por Tite venceu Gana por 3 a 0, nesta sexta-feira (23), no Estádio Océane, em Le Havre.

Além da expressiva vitória, o confronto também marcou uma série de feitos. Foi o 120º jogo de Neymar, que agora está empatado com Roberto Rivellino em número de atuações com a Seleção Brasileira.

Outro recorde foi de Thiago Silva, que entrou em campo pela 108ª vez e superou Lucio como o zagueiro com mais partidas disputadas pela equipe canarinho.

Os gols da Seleção Brasileira contra Gana não demoraram a sair. Logo nos minutos iniciais, a equipe criou as primeiras chances com Richarlison e Lucas Paquetá. O gol veio na sequência. Aos 9 minutos, Raphinha cobrou escanteio e Marquinhos completou de cabeça. Foi o quinto gol do zagueiro com a camisa da Seleção.

O lado esquerdo com Vinicius Junior e Neymar era uma das armas do Brasil. A dupla funcionou em duas oportunidades com passes que terminaram na finalização de Raphinha.

O segundo gol surgiu dos pés de Neymar. Em boa movimentação, o camisa 10 se desgarrou da marcação e deu bela assistência para Richarlison ampliar: 2 a 0.

A dupla Neymar e Richarlison voltaria a brilhar ainda no primeiro tempo. Aos 39 minutos, o camisa 10 levantou na área e o centroavante completou para o gol: 3 a 0.

Para a etapa final, Tite começou a fazer mudanças na equipe. Uma das novidades foi a entrada de Bremer, com a saída de Thiago Silva no intervalo da partida. O zagueiro fez a sua estreia pela Seleção Brasileira e formou dupla ao lado de Marquinhos.

Durante o segundo tempo, o treinador ainda fez outras modificações e colocou em campo Éverton Ribeiro, Matheus Cunha, Antony e Fabinho.

A entrada de Antony animou a torcida. Alternando pelos lados do campo, o camisa 18 conseguiu abrir a defesa adversária e o time voltou a criar novas chances de gol. Uma das melhores foi Matheus Cunha, que recebeu na área e foi travado na hora da finalização. Foi a última chance da Seleção, que saiu aplaudida pela torcida francesa em Le Havre.

FICHA TÉCNICA

BRASIL

Alisson; Eder Militão, Thiago Silva (Bremer), Marquinhos e Alex Telles; Casemiro (Fabinho), Lucas Paquetá (Éverton Ribeiro) e Neymar; Raphinha (Rodrygo), Vini Junior (Antony) e Richarlison (Matheus Cunha). Técnico: Tite:

GANA

Wollacott; Denis Odoi (Lamptey), Amartey, Djiku e Rahman Baba; Idrissu Baba, Sulemana (Willians), Afena Guan e Andre Ayew (Semenyo); Kudus (Kyereh) e Jordan Ayew. Técnico: Otto Addo

Árbitro: Willy Delajod

Assistentes: Cyril Mugnier e Aurelien Drouet

Gols: Marquinhos, aos 9', e Richarlison, aos 27' e 39', do primeiro tempo

PATROCINADORES

Seleção Brasileira Nike Guaraná Antartica Vivo Itaú Neoenergia Mastercard Gol Cimed Pague Menos TCL SEMP TechnoGym StatSports Kin Analytics Globus Italian Excellence