Team Brasileiro vence os Bolivianos no match de abertura da Copa América

Copa América 2019

Estádio do Morumbi Sexta, 14 de Junho de 2019 21:30
Brasil

Brasil

Bolívia

Bolívia

Salve os victoriosos!

Team Brasileiro vence os Bolivianos no match de abertura da Copa América

Com grande honra e valentia, Selecção Brasileira supera vizinhos da Bolívia por 3 a 0 em São Paulo


Finalmente, chegamos ao dia em que o tão ansioso e longamente esperado quadragésimo sexto campeonato sul-americano de foot-ball foi iniciado. Será para o nosso sport um dia para sempre lembrado, pois, que, hoje, pela quinta vez, tivemos ensejo de assistir a uma tão distincta e importante competição sportive. No match desta sexta-feira, que estreou a Copa América 2019, o Team Brasileiro venceu a Bolívia por 3 a 0. Os pontos da victoria foram conquistados pelo midfielder Philippe Coutinho e pelo wing Everton.

A primeira phase do match não foi tão fácil para os brasileiros. Recuada na cancha, a Bolívia controlou o score por boa parte do prélio. O Brasil tinha mais chances de goal com os wings Richarlison e David Neres, e tentava criar as oportunidades pelos flancos. O início do jogo teve alguns crosses que levaram perigo à baliza boliviana. Aos quatro minutos, o arqueiro Lampe fez uma bela intervenção dentro da pequena área. No primeiro half de jogo, entretanto, o goal brasileiro não saiu.

Não podemos dizer o mesmo do segundo half. Logo aos primeiros minutos de contenda, sucumbiram à pressão os bolivianos. Em jogada dentro da área de goal, a pelota foi tocada com a mão por Jusino, center-back adversário. A bola foi para a marca da cal após apitar o Mister Nestor Pitana, referee do jogo. Coube a Philippe Coutinho a honra de cobrar a penalidade e conquistar o primeiro tento brasileiro no certame sul-americano. Com um shoot forte no canto canhoto, o camisa 11 brasileiro fez o primeiro goal do cotejo.

Não foi preciso passar muito tempo para que o Brasil ampliasse o score. Conduziu com graça a bola pela direita Roberto Firmino e, como se lançasse com as mãos, encontrou Coutinho de frente para a meta. Com a cabeça, escorou para o filó boliviano. Dois a zero para os brasileiros e festa dos geraldinos no Morumbi.

Com a vantagem no score, o coach Tite deu início à utilização da regra três. Entraram na cancha o ponta de lança Gabriel Jesus e o ponteiro Éverton. Foi deste o tento que deu números finais ao match. Ao receber a pelota pela esquerda, o talentoso jovem foi mágico como El Tigre Friedenreich. Jogando em São Paulo, no palco do clube pelo qual o ídolo se eternizou, o wing da Selecção viveu momento de grande inspiração. De negaça em negaça, foi abrindo espaço para um shoot implacável. Não restou nada a não ser o lamento para o arqueiro Lampe, que imóvel ficou na meta boliviana. Era a festa da torcida brasileira, que, se em 1919 estivesse, gritaria: Viva! Viva! Ganhou o Team Brasileiro!

Os players do Brasil souberam administrar a victoria nos minutos finais. Ainda entrou o athleta Willian, substituindo o impectuoso Richarlison, antes do fim da partida.

O Team Brasileiro agora é leader do Grupo A da Copa América. O segundo  match dos brasileiros será em Salvador, na terça-feira próxima, contra a Venezuela, às 21h30.

FICHA TÉCNICA

14/06/2019
BRASIL 3 X 0 BOLÍVIA
Competição: Copa América
Local: Estádio Cícero Pompeu de Toledo “Morumbi”, em São Paulo (SP)
Árbitro: Néstor Pitana (ARG)
Gols: Philippe Coutinho (pênalti aos 3’/2; 7’/2T) e Everton (39’/2T)
BRASIL: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luís; Casemiro, Fernandinho e Philippe Coutinho; Richarlison (Willian 38’/2T), Roberto Firmino (Gabriel Jesus 19’/2T) e David Neres (Everton 35’/2T). Técnico: Tite.
BOLÍVIA: Carlos Lampe; Marvin Bejarano, Adrian Jusino, Luis Haquin e Diego Bejarano; Erwin Saveedra (Leonardo Vaca 19’/2T), Fernando Saucedo (Diego Wayar 16’/2T), Leonel Justiniano e Alejandro Chumacero; Raúl Castro (Ramiro Vaca 30’/2T) e Marcelo Moreno. Técnico: Eduardo Villegas.

Esse texto é uma homenagem aos campeões sul-americanos de 1919. Há mais de cem anos, 22 bravos atletas conquistaram o que seria o primeiro grande título da história da Seleção Brasileira. Nos gols e lances protagonizados por nossos craques dos dias de hoje, vivem a alma e a glória dos que tanto fizeram por nosso futebol. Fica aqui, portanto, a nossa gratidão a:  Amílcar, Arlindo, Arnaldo, Bianco, Carregal, Dionísio, Fortes, Friedenreich, Galo, Haroldo, Heitor, Junqueira, Laís, Luiz Menezes, Marcos de Mendonça, Martins, Millon, Neco, Palamone, Picagili, Píndaro e Sérgio Pires. Para entender melhor as expressões utilizadas, trazidas diretamente do ano de 1919, confira o glossário da época.

Alisson
Ederson
Cássio
Daniel Alves
Fagner
Filipe Luís
Alex Sandro
Miranda
Marquinhos
Thiago Silva
Éder Militão
Casemiro
Arthur
Fernandinho
Philippe Coutinho
Lucas Paquetá
Allan
David Neres
Roberto Firmino
Everton
Gabriel Jesus
Richarlison
Willian

PATROCINADORES

Seleção Brasileira NikeItaúVIVOGuaraná AntárticaMastercardGOLGrupo CIMEDSEMP TCLFIATUltrafarmaEnglish LiveTechnogymStatsports3 Corações