Seleção Feminina goleia a China pela estreia nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Miyagi Quarta, 21 de Julho de 2021 05:00
Brasil

Brasil

China

China

Avisa lá que vai ter gol

Seleção Feminina goleia a China pela estreia nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Marta (x2), Debinha, Andressa Alves e Bia Zaneratto marcaram os gols do triunfo brasileiro na primeira rodada do Grupo F dos Jogos Olímpicos

Pode avisar o Brasil chegou! E chegou com tudo. Na manhã desta quarta-feira (21), a Seleção Feminina goleou a China por 5 a 0, no Estádio de Miyagi, e começou com o pé direito a corrida pelo sonho dourado nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

O jogo

Avisa lá que vai ter gol (e mais de um)! No Estádio de Miyagi, a China até ensaiou uma pressão no início do duelo. Mas o Brasil soube controlar a tensão da estreia, colocou a bola no chão e ditou o ritmo do jogo durante a maior parte do primeiro tempo. 

Logo aos cinco minutos, a Canarinho teve a chance de abrir o placar depois de boa troca de passes entre Debinha, Bia Zaneratto e Duda. Já na segunda oportunidade criada, a Seleção não perdoou. E tinha que ser com ela. Após recuperar a posse no ataque, Bia Zaneratto cruzou na área, Debinha testou no travessão, Bia apareceu de novo tentando o rebote e a bola sobrou limpa para Marta estufar as redes, aos nove minutos. 

Mantendo o controle da partida, o Brasil não demorou muito para ampliar o marcador. Novamente tudo começou com Bia Zaneratto, que arriscou o chute da entrada da área, aos 21, a goleira adversária deu rebote e Debinha aproveitou para fazer 2 a 0. 

Brasil e China se enfrentaram pela rodada de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Debinha. Brasil e China se enfrentaram pela rodada de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Debinha.
Créditos: Sam Robles/CBF

No minuto seguinte, Andressinha também experimentou o arremate, que dessa vez passou rente à meta chinesa. Já na marca dos 30 minutos, depois de cruzamento na área, Érika por pouco não marcou o terceiro da Seleção. Nos instantes finais do primeiro tempo, a China voltou a pressionar. E Bárbara apareceu para salvar o Brasil, após finalização de Miao.

Depois das conversas nos vestiários, as chinesas chegaram mais ao ataque e tiveram chances de marcar com Wang Shanshan. Na primeira tentativa, aos dois minutos, Bárbara mais uma vez fez a interceptação. Enquanto, aos seis, a atacante acertou a trave. Na sequência, a Canarinho respondeu com Debinha, que também parou no poste. E em arremates de Andressa Alves, aos 15, e Bia Zaneratto, aos 19. 

Lá e cá, o jogo seguiu em ritmo acelerado. Na marca dos 21, a China chegou de novo e mais uma vez Bárbara brilhou para o Brasil. Do lado brazuca, Bia Zaneratto foi quem esbarrou na goleira. Mas, aos 28, a arqueira adversária nada pôde fazer contra mais uma finalização certeira de Marta: 3 a 0. 

Tentando uma reação, as chinesas voltaram a carimbar a trave, aos 31, com Wurigumula. Só que, aos 36, veio o quarto do Brasil em cobrança de pênalti de Andressa Alves. E, aos 43, Debinha cruzou rasteiro para Bia Zaneratto enfim deixar o dela e dar números finais ao confronto. 

Brasil e China se enfrentaram pela rodada de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Marta e Júlia Bianchi. Brasil e China se enfrentaram pela rodada de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Marta e Júlia Bianchi.
Créditos: Sam Robles/CBF

BRASIL: Bárbara, Bruna Benites, Érika, Rafaelle, Tamires; Formiga (Júlia Bianchi), Andressinha, Duda (Andressa Alves), Marta (Ludmila); Debinha e Bia Zaneratto.

PARA ANOTAR NA AGENDA

2ª rodada - Brasil x Holanda
Data: 24 de julho (sábado)
Horário: 8h (de Brasília)
Local: Estádio Miyagi

3ª rodada - Brasil x Zâmbia
Data: 27 de julho (terça-feira)
Horário: 8h30 (de Brasília)
Local: Estádio Saitama

Brasil e China se enfrentaram pela rodada de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 Brasil e China se enfrentaram pela rodada de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020
Créditos: Sam Robles/CBF


FUTEBOL FEMININO NOS JOGOS OLÍMPICOS


O torneio de futebol feminino nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 reúne 12 diferentes seleções, divididas em três grupos com quatro equipes cada. Após a fase de grupos, os dois melhores de cada chave e os dois melhores terceiros colocados se classificam para as quartas de final, de onde o torneio segue em formato mata-mata até a decisão.

Brasil e China se enfrentaram pela rodada de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Bia Zaneratto.

Brasil e China se enfrentaram pela rodada de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Bia Zaneratto.

Créditos: Sam Robles/CBF

Brasil e China se enfrentaram pela rodada de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Andressa Alves.

Brasil e China se enfrentaram pela rodada de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Andressa Alves.

Créditos: Sam Robles/CBF

Brasil e China se enfrentaram pela rodada de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Andressa Alves.

Brasil e China se enfrentaram pela rodada de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Andressa Alves.

Créditos: Sam Robles/CBF

Brasil e China se enfrentaram pela rodada de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Brasil e China se enfrentaram pela rodada de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Créditos: Sam Robles/CBF

Brasil e China se enfrentaram pela rodada de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Marta.

Brasil e China se enfrentaram pela rodada de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Marta.

Créditos: Sam Robles/CBF

Brasil e China se enfrentaram pela rodada de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Brasil e China se enfrentaram pela rodada de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Créditos: Sam Robles/CBF

Brasil e China se enfrentaram pela rodada de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Marta.

Brasil e China se enfrentaram pela rodada de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Marta.

Créditos: Sam Robles/CBF

Brasil e China se enfrentaram pela rodada de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Marta.

Brasil e China se enfrentaram pela rodada de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Marta.

Créditos: Sam Robles/CBF

Aline Goleira
Bárbara Goleira
Letícia Goleira
Bruna Benites Zagueira
Erika Zagueira
Poliana Zagueira
Rafaelle Zagueira
Letícia Santos Lateral
Jucinara Lateral
Tamires Lateral
Andressinha Meia
Angelina Meia
Duda Meia
Formiga Meia
Julia Bianchi Meia
Marta Meia
Andressa Alves Meia
Bia Zaneratto Atacante
Debinha Atacante
Geyse Atacante
Giovana Atacante
Ludmila Atacante

PATROCINADORES

Seleção Brasileira Nike Guaraná Antártica VIVO ITAÚ Mastercard GOL CIMED SEMP TCL FIAT Pague Menos BitCi 3 Corações Techno Gym Stat Sports Kin Analytics Globus