Seleção Pré-Olímpica é superada pelo Marrocos: 1 a 0

Amistoso 2023

Complexo Esportivo de Fez | Fez, Marrocos Quinta, 07 de Setembro de 2023 16:00
Brasil

Brasil

Marrocos

Marrocos

Amistoso

Seleção Pré-Olímpica é superada pelo Marrocos: 1 a 0

Jogo foi equilibrado e o goleiro marroquino acabou como um dos destaques

Seleção Brasileira Pré-Olímpica disputou amistoso contra o Marrocos Vitor Roque durante amistoso da Seleção Brasileira Pré-Olímpica contra o Marrocos
Créditos: Mohamed Bissar/CBF

Em amistoso disputado nesta quinta (7) na cidade de Fez, no Marrocos, a Seleção Brasileira Pré-Olímpica perdeu para a Seleção Sub-23 do Marrocos por 1 a 0. A equipe dirigida por Ramon Menezes teve o domínio da partida na maior parte do tempo e criou boas chances. Mas o goleiro Belaarouch salvou a defesa da equipe africana em pelo menos três oportunidades.

Sem fair-play

O time sofreu o gol num lance isolado, no segundo tempo, quando o lateral Arthur tinha o controle da bola, mas acusou dores na coxa direita e não pôde dar sequência à jogada. O atacante El Quahdi, então, aproveitou-se da situação e chutou forte de fora da área.

Paulinho também lutou bastante contra a Seleção de Marrocos Paulinho também lutou bastante contra a Seleção de Marrocos
Créditos: Mohamed Bissar / CBF

Ataques em velocidade

A Seleção começou o jogo, no Complexo Esportivo de Fez, explorando a velocidade de Igor Paixão pelo lado esquerdo. Por ali, surgiram bons ataques. Para confundir a marcação do Marrocos, Igor também avançou pelo lado direito, invertendo a posição com Lázaro.

Passou perto

A defesa marroquina exercia marcação forte, o que dificultava os lances mais agudos da Seleção Brasileira. Por isso, arriscar chutes de fora da área era uma boa opção. Foi o que fizeram Vitor Roque, aos 20 minutos do primeiro tempo, e Marlon, aos 36. Na primeira dessas finalizações, Belaarouch fez defesa firme. Na outra, a bola passou perto da trave.

Vitor Roque travou bom duelo com a zaga marroquina Vitor Roque travou bom duelo com a zaga marroquina
Créditos: Mohamed Bissar / CBF

Apagão

Logo no início do segundo tempo, faltou luz no estádio, o que provocou a paralisação da partida por 14 minutos. Quando a bola voltou a rolar, a Seleção pressionou bastante o Marrocos e criou três situações de perigo. Depois, num momento em que era melhor, o time brasileiro sofreu o gol.

Mudanças

Ramon Menezes aproveitou bastante o amistoso para ver em ação o maior número possível de jogadores. Ao todo, fez oito substituições. Somente o goleiro Matheus Cunha e os zagueiros Kayke e Robert Renan atuaram o jogo inteiro.

Jogo igual

O técnico Ramon Menezes enalteceu a qualidade do adversário, campeão da Copa das Nações Africanas Sub-23. Ressaltou, porém, que o jogo foi bastante equilibrado. "Foi um grande teste. Sabíamos que não seria nada fácil. Enfrentamos o campeão da Copa Africana, uma equipe que joga junto faz tempo. Foi um jogo muito igual, com bons momentos para a Seleção Brasileira. Gostei muito da movimentação da nossa equipe", disse Ramon.

Igor Paixão deu velocidade ao ataque da Seleção Igor Paixão deu velocidade ao ataque da Seleção
Créditos: Mohamed Bissar / CBF

Preparação

A partida contra o Marrocos faz parte da preparação para a disputa do Pré-Olímpico no início de 2024, na Venezuela. O Brasil é bicampeão olímpico, mas vai ter que garantir no torneio uma das duas vagas reservadas aos sul-americanos para os Jogos de Paris, que serão realizados de 26 de julho a 11 de agosto do ano que vem.

Antes do Pré-Olímpico, no entanto, a Seleção vai jogar o Pan-Americano, no Chile, que já começa no mês que vem – a competição vai de 20 de outubro a 6 de novembro.

Agenda

Na segunda-feira (11), Brasil e Marrocos voltam a se enfrentar, de novo na cidade de Fez, em outro amistoso, O jogo também começará às 16 horas e terá transmissão da ESPN.

PATROCINADORES

Seleção Brasileira Nike Guaraná Antartica Vivo Itaú Neoenergia Mastercard Gol Cimed Pague Menos TCL SEMP TechnoGym StatSports Kin Analytics Globus Italian Excellence