Pelo Sul-Americano Sub-20, Seleção Brasileira é superada pelo Uruguai

Sul-Americano Sub-20 - 2019

Rancágua Segunda, 04 de Fevereiro de 2019 18:30
Brasil

Brasil

Uruguai

Uruguai

No Chile

Pelo Sul-Americano Sub-20, Seleção Brasileira é superada pelo Uruguai

+7

Pela terceira rodada da fase final da competição, Brasil arranca empate com gols de Lincoln e Luan, mas vê adversários vencerem por 3 a 2 nos acréscimos

Pela terceira rodada do hexagonal final do Sul-Americano Sub-20, a Seleção Brasileira enfrentou o Uruguai nesta segunda-feira (4) e foi superada por 3 a 2. A partida no Estádio El Teniente, em Rancagua, no Chile, foi bastante movimentada, com a Canarinho buscando o ataque a todo instante e vendo o adversário marcar o último gol já nos acréscimos.

Com o resultado, o Brasil permanece com um ponto, e os uruguaios somam sete. A rodada ficará completa ainda nesta segunda. Clique aqui e confira a tabela! 

Os quatro primeiros colocados do Sul-Americano se classificam para a Copa do Mundo deste ano, que será disputada a partir de maio, na Polônia. Além disso, os três primeiros também garantem classificação para os Jogos Pan-Americanos, que serão disputados entre julho e agosto de 2019, em Lima, no Peru.

O jogo

Com boa apresentação, a Seleção Brasileira se impôs no primeiro tempo diante do Uruguai. Logo aos oito minutos, Jonas Toró invadiu a área com velocidade e cruzou com perigo, mas a zaga adversária fez o corte. Depois, Ramires avançou em rápido contra-ataque, mas também viu o cruzamento parar na defesa uruguaia. Aos 36, Tetê finalizou com ótimo chute centralizado e obrigou o goleiro Renzo Rodríguez a defender no susto. Na sobra, a bola ainda continuou com perigo na área, mas a zaga afastou. Em uma das poucas chances para a equipe do Uruguai, o goleiro Phelipe trabalhou muito bem. No último lance dos acréscimos, Schiappacasse tabelou na área e finalizou bem, mas viu o camisa 12 do Brasil tirar a bola com o pé.

Na volta do intervalo, o Uruguai estava mais atento e passou a levar mais perigo à meta brasileira. E, aos 13 minutos, Schiappacasse cobrou falta, e Phelipe fez grande defesa. Na sequência, a bola foi no travessão e voltou para Emiliano Goméz fazer 1 a 0. Aos 19, Thuler derrubou Schiappacasse na área, e o próprio camisa 10 uruguaio cobrou o pênalti: 2 a 0. A Canarinho não se intimidou e passou a trabalhar mais no ataque. Tanto que, aos 23 minutos, Marcos Bahia lançou na medida do meio campo e encontrou Lincoln, que dominou e finalizou com categoria para descontar para o Brasil: 2 a 1. Aos 32, Jonas Toró recebeu cruzamento na área e arriscou o chute, que foi sobre a meta da Celeste. Partindo para cima, o Brasil chegou ao empate aos 38. Emerson cruzou da linha de fundo, e Luan Cândido pegou de primeira para mandar uma bomba no canto do goleiro Rodríguez: 2 a 2. Apesar do empenho, o Brasil viu Pablo García marcar o terceiro do Uruguai aos 46 minutos e dar números finais à partida.

BRASIL: Phelipe, Emerson, Vitão (Lucas Ribeiro), Thuler e Luan Cândido; Luan Silva, Igor (Marquinhos Cipriano) e Marcos Bahia; Ramires, Jonas Toró e Tetê (Lincoln).

Phelipe
Gabriel Brazão
Hugo
Matheus Thuler
Walce
Vitão
Lucas Ribeiro
Vitinho
Luan Candido
Carlos
Emerson
Ramires
Luan
Igor
Gabriel Menino
Marcos Bahia
Gabriel Furtado
Papagaio
Marquinhos Cipriano
Jonas
Tetê
Rodrygo
Lincoln

PATROCINADORES

Seleção Brasileira Mastercard GOL CIMED SEM TCL FIAT English Live Ultrafarma Technogym Statsports