Seleção Masculina conhece grupo nas Olimpíadas de Tóquio 2020

Seleção Masculina conhece grupo nas Olimpíadas de Tóquio 2020

Atual campeão olímpico, Brasil estará na mesma chave que Alemanha, Costa do Marfim e Arábia Saudita no futebol masculino em Tóquio.

Brasil x Argentina pelo último jogo do Pré-olímpico da Colômbia. Matheus Cunha Brasil x Argentina pelo último jogo do Pré-olímpico da Colômbia. Matheus Cunha
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

O Brasil já sabe seus adversários no torneio de futebol masculino nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Nesta quarta-feira, um sorteio definiu os grupos da competição e a Seleção Brasileira enfrentará Alemanha, Costa do Marfim e Arábia Saudita na primeira fase.

Atual campeão olímpico, o Brasil foi cabeça de chave no sorteio. No grupo D, a Seleção Brasileira iniciará sua trajetória olímpica em Yokohama, contra a Alemanha, no dia 22 de julho. A segunda rodada será disputada no mesmo estádio, contra a Costa do Marfim, no dia 25. O fim da fase de grupos será no dia 28 de julho, contra a Arábia Saudita, em Saitama.

Grupo D

Brasil
Alemanha
Costa do Marfim
Arábia Saudita

O torneio de futebol masculino nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 reúne 16 diferentes seleções. Após a fase de grupos, os dois melhores de cada chave se classificam para as quartas de final, de onde o torneio segue em formato de mata-mata até a decisão.

CONFIRA: Retrospecto do Brasil contra Alemanha, Costa do Marfim e Arábia Saudita

Confira a trajetória do Brasil no futebol masculino de Tóquio 2020 e todos os grupos sorteados:

1ª rodada

Brasil x Alemanha
Estádio Yokohama
Data: 22 de julho
Horário: 5h30 (de Brasília)

2ª rodada

Brasil x Costa do Marfim
Estádio Yokohama
Data: 25 de julho
Horário: 5h30 (de Brasília)

3ª rodada

Brasil x Arábia Saudita
Estádio Saitama
Data: 28 de julho
Horário: 5h (de Brasília)

Grupos do futebol masculino de Tóquio 2020


Grupo A

Japão
África do Sul
México
França

Grupo B

Nova Zelândia
Coreia do Sul
Honduras
Romênia

Grupo C

Egito
Espanha
Argentina
Austrália

Grupo D

Brasil
Alemanha
Costa do Marfim
Arábia Saudita

Sorteio de grupos dos jogos olímpicos Comissão técnica da Seleção Masculina acompanhou o sorteio na sede da CBF.
Créditos: Jo Marconne / CBFTV

Brasil defende o ouro em Tóquio


Campeão pela primeira vez na Rio 2016, o Brasil vai até o Japão com o objetivo de trazer o bicampeonato para casa. A defesa da medalha de ouro não vai ser fácil, mas os números garantem: a Seleção está no caminho certo para fazer uma grande Olimpíada.

Durante todo seu período de preparação, a Seleção Olímpica já fez 20 partidas, com 14 vitórias, três empates e três derrotas. Foram 48 gols marcados e 17 sofridos. O artilheiro da Seleção Olímpica é o atacante Matheus Cunha, que já marcou 16 gols (33,3% do total). Atrás dele estão Anthony e Paulinho, com seis gols cada.

LEIA TAMBÉM: André Jardine avalia grupo: "Temos que respeitar todos"

Nestas partidas, o técnico André Jardine pôde observar 68 atletas diferentes e conquistar o Torneio Maurice Rivello (antigo Torneio de Toulon), além de assegurar a vaga em Tóquio no Pré-Olímpico da Colômbia, no início de 2020.

Quando o assunto é Olimpíada, o Brasil também é um dos melhores. Sua primeira participação foi em 1952, quando foi até as quartas de final. De lá para cá, foram 13 participações.  Desde 1960, a Seleção só não disputou três torneios olímpicos de futebol masculino (1980, 1992 e 2004).

São, ao todo, seis medalhas olímpicas no futebol masculino: duas de bronze, três de prata e uma de ouro, conquistada em 2016. Com esse título, a Seleção Brasileira se juntou a Inglaterra (1908), Bélgica (1920) e Espanha (1992) como um dos únicos times a conquistarem a medalha de ouro dentro de casa. Em todos os tempos, o Brasil também a equipe com mais vitórias na história da competição: 34.

Brasil campeão olímpico Rio 2016 Brasil conquistou o ouro no Maracanã em 2016.
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

PATROCINADORES

Seleção Brasileira Nike Guaraná Antártica VIVO Itaú Mastercard Voe GOL CIMED Semp TCL FIAT Pague Menos Café 3 Corações Techno Gym Stat Sports Kin Analytics