Multicampeão, Daniel Alves se emociona após conquista da Olimpíada: 'Indescritível'

Multicampeão, Daniel Alves se emociona após conquista da Olimpíada: 'Indescritível'

Do alto de toda sua experiência, lateral não conseguiu esconder emoção por mais um título com a Seleção Brasileira

Seleção Olímpica enfrentou a Espanha no Estádio de Yokohama, na final da Olimpíada de Tóquio 2020. Daniel Alves Seleção Olímpica enfrentou a Espanha no Estádio de Yokohama, na final da Olimpíada de Tóquio 2020. Daniel Alves
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Mais de 38 anos de idade, 43 títulos conquistados e a mesma capacidade de se emocionar com uma grande conquista. Grande líder do grupo da Seleção Brasileira, Daniel Alves não escondeu a felicidade após garantir a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

Em entrevista após a vitória por 2 a 1 sobre a Espanha, neste sábado, o capitão falou sobre o sentimento da conquista da Olimpíada e chegou a ficar sem palavras.

"Por mais história que a gente tenha, por mais vivências que tivemos. Vir aqui pela primeira vez e voltar com o prêmio maior... Tem momentos em que somem as palavras. E esse com certeza é um deles. É muito maior que tudo que a gente possa falar, aqui é o maior evento do mundo”, comemorou Daniel.

Daniel Alves não fazia parte do projeto olímpico até dias antes da convocação final de André Jardine. O lateral foi convidado por Jardine e por Branco, Coordenador das Seleções de Base da CBF, para ser capitão e líder do grupo que iria defender a medalha de ouro no Japão. Chamado para vestir a Amarelinha mais uma vez, Daniel não pensou duas vezes: atendeu a convocação.

Após o título, Daniel aproveitou para fazer um agradecimento para os que acreditaram em seu potencial como atleta, líder e capitão de um grupo que buscava um objetivo tão importante na Olimpíada.

“Poder ser um atleta olímpico, poder estar aqui representando minha Bahia e meu Nordeste, as pessoas que eu amo e batalham comigo, é muito incrível. Queria agradecer a todos aqui que acreditaram em mim, sempre é muito difícil trazer extra que acrescente, eles confiaram em mim", disse, antes de lembrar do esforço feito nas últimas semanas para sair com o ouro:

"Sabíamos que a luta ia ser muito difícil, mas que no final ia valer a pena. É um momento indescritível, que precisamos desfrutar, porque é muito suado e batalhado para conseguir. Estamos muito felizes em colocar a medalha de ouro no peito".

PATROCINADORES

Seleção Brasileira nike guarana antarctica vivo itau mastercard voe gol bitci free fire kwai grupo cimed fiat pague menos semp tcl cafe 3 corações techno gym stats ports kin analytics globus brasil