Geromel recorda Copa de 94 e afirma que vive um sonho na Rússia

Convocados da Seleção Brasileira e o técnico Tite compartilham suas lembranças mais marcantes sobre a Copa do Mundo

Tal qual um conto de fadas daqueles que marcam a infância, o que se passa numa Copa do Mundo é algo que fica na memória afetiva de todo brasileiro. Todos têm a sua lembrança inesquecível para criar o próprio "era uma vez".       

Ao longo das próximas semanas, a CBF TV apresentará diariamente um episódio da série "Era uma Copa...". Vamos mergulhar juntos neste baú de recordações que passará por festas na caçamba de carros, gritos eufóricos, personagens encarnados na pelada da rua e até uma prorrogação não assistida porque estava na hora do último ônibus para casa.        

Enquanto não começam a escrever a própria experiência na Copa da Rússia, os 23 jogadores da Seleção Brasileira e o técnico Tite relembram momentos inesquecíveis de Copas passadas.  Para uns foi a Copa do Mundo de 1994, para outros a conquista de 2002. Teve quem lembrasse de lances da edição de 1990 e de 1998. Qual é a sua maior lembrança quando o assunto é Copa do Mundo? 

Clique pelos episódios abaixo e assista toda a série "Era uma Copa..."

Filipe Luís recorda oração em família na decisão do Mundial de 94

Paulinho detalha momento da infância ao recordar final de 94 

Renato Augusto: do sofá com o pai em 94 aos gramados da Rússia em 2018

Miranda relembra taça de 94 e a infância em Paranavaí

Éderson conta que festejou título de 2002 em cima de caminhão

Willian revela buzinaço com a família no Penta do Brasil

Fernandinho destaca gol de Careca em 90 com sambada na bandeirinha

Philippe Coutinho conta que Penta em 2002 motivou sonho de ser jogador 

Thiago Silva lembra inspiração em heróis de 94 no futebol com amigos  

Douglas Costa recorda lances do seu ídolo Ronaldinho Gaúcho em 2002

Fágner guarda na lembrança a espera pelo pai para ver os jogos de 94 

Marcelo conta que enfeitou rua para a Copa do Mundo na infância

Cássio e a família ouviram final de 94 pelo rádio dentro de ônibus

Taison carrega na memória gol de falta de Ronaldinho em 2002 

Casemiro relembra as madrugadas na garagem da tia na Copa de 2002

Danilo entrega que era a atração da rua quando o Brasil marcava gols 

PATROCINADORES

Seleção Brasileira