Gabriel Jesus pede apoio da torcida nos próximos desafios

Gabriel Jesus pede apoio da torcida nos próximos desafios

Há quatro anos, Gabriel pintava as ruas do bairro Jardim Peri de verde e amarelo. Hoje, o caçula da Seleção pede apoio total da torcida na Copa do Mundo

Gabriel Jesus pede apoio da torcida nos próximos desafios

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

“Foi de parar o coração”. Gabriel Jesus descreveu assim a tensão vivida dentro de campo na vitória do Brasil sobre a Costa Rica na tarde desta sexta-feira (22), em São Petersburgo. O jogador teve participação no gol de Philippe Coutinho aos 90 minutos do segundo tempo, quando torcida e equipe em campo já não podiam mais esperar para soltar o grito de gol.

Gabriel fez a chamada “parede” contra a defesa costarriquenha e ajeitou a bola para a chegada providencial e relâmpago de Coutinho, com o bico da chuteira.

– Não está sendo fácil para ninguém. Hoje foi de parar o coração, na raça, do jeito brasileiro, mas ninguém gosta de passar essa tensão toda. Com a nossa força de vontade, espírito de vencedores, nós conseguimos. Uma hora a gente sabia que a bola ia entrar, mas não imaginava que seria aos 90 minutos – comentou Jesus, com um sorriso de alívio e tranquilidade pelo dever cumprido.

Gabriel ressaltou que as equipes adversárias do Brasil sabem que enfrentarão um bom time e, por isso, têm medo de saírem para o jogo. Um dos motivos que impediu o gol brasileiro durante os 90 minutos. O Brasil só abriu o placar no último minuto do jogo, e o segundo já nos acréscimos, com Neymar, após passe de Douglas Costa.

A Seleção Brasileira enfrenta agora a Sérvia, no último duelo da fase de grupos da Copa do Mundo. O jogo poderá valer a liderança do Grupo E e a definição do cruzamento nas oitavas de final. Jesus pede o apoio irrestrito do torcedor brasileiro nas próximas fases. O camisa 9 reforça que, com o torcedor acreditando e demonstrando confiança no grupo, o Brasil será ainda mais forte.

– O torcedor tem que apoiar acima de tudo. Crítica a gente já tem demais. A gente convive com isso. Todas as profissões, a gente sabe como são. Todos nós aqui sabemos do orgulho e da responsabilidade que é carregar essa camisa. Temos que apoiar mais os jogadores – pediu Gabriel, autoridade no assunto. No Mundial de 2014, o caçula da Seleção liderou a torcida no seu bairro Jardim Peri quando nem imaginava que quatro anos depois estaria defendendo a nação.

Com a vitória sobre a Costa Rica, a Seleção Brasileira somou quatro pontos na tabela de classificação do Grupo E da Copa do Mundo. O Brasil lidera o bloco à frente de Sérvia, com três pontos, Suíça, com um ponto. Essas duas equipes se enfrentam também nesta sexta-feira às 15h (horário de Brasília). A Costa Rica já não tem chances de classificação para a próxima fase do Mundial. 

PATROCINADORES

Seleção Brasileira