Técnica da Seleção Feminina, Pia Sundhage é eleita a Mulher Sueca do Ano 2020

Técnica da Seleção Feminina, Pia Sundhage é eleita a Mulher Sueca do Ano 2020

Dirigindo a Canarinho desde julho de 2019, a treinadora acumula seis vitórias, quatro empates e apenas uma derrota

Pia Sundhage convoca Seleção Brasileira Feminina para jogos preparatórios em dezembro, no Brasil Pia Sundhage convoca Seleção Brasileira Feminina para jogos preparatórios em dezembro, no Brasil
Créditos: Thais Magalhães/CBF

A técnica da Seleção Brasileira Feminina, Pia Sundhage, conquistou o prêmio de "Mulher Sueca do Ano 2020". A condecoração foi feita pela SWEA International, uma organização que reúne mulheres suecas que residem dentro e fora de seu país natal.

No comando da Seleção Feminina desde julho de 2019, a treinadora tem o incrível retrospecto de seis vitórias, quatro empates e apenas uma derrota. Com Pia, o Brasil subiu três posições no Ranking de Seleções da FIFA e, atualmente, ocupa a oitava colocação.

Ao receber o prêmio, Pia Sundhage ressaltou que a escolha se deu graças à evolução do futebol feminino.

– Me sinto orgulhosa de ser nomeada Mulher Sueca do Ano pela SWEA. Porque isso significa que o futebol feminino está sendo notado. E vale a pena. Obrigada – disse a técnica da Canarinho.

Dirigindo a Seleção Brasileira Feminina, Pia Sundhage terá pela frente o desafio de buscar a medalha de ouro inédita na Olimpíada de Tóquio. O evento, que estava marcado para acontecer em 2020, precisou ser adiado para 2021 por conta da pandemia de Covid-19 (coronavírus). Apesar disso, treinadora e comissão técnica seguem trabalhando visando aos Jogos que serão disputados na capital japonesa.