Sul-Americana: Corinthians visita o Del Valle-EQU por vaga na final

Sul-Americana: Corinthians visita o Del Valle-EQU por vaga na final

Na altitude de Quito (EQU), Timão entra em campo às 21h30 pelo jogo de volta das semifinais

Em São Paulo, Corinthians foi superado por 2 a 0 pelo Independiente Del Valle

Em São Paulo, Corinthians foi superado por 2 a 0 pelo Independiente Del Valle

Créditos: Marcello Zambrana/AGIF

Em São Paulo, Corinthians foi superado por 2 a 0 pelo Independiente Del Valle

Em São Paulo, Corinthians foi superado por 2 a 0 pelo Independiente Del Valle

Créditos: Marcello Zambrana/AGIF

Em São Paulo, Corinthians foi superado por 2 a 0 pelo Independiente Del Valle

Em São Paulo, Corinthians foi superado por 2 a 0 pelo Independiente Del Valle

Créditos: Marcello Zambrana/AGIF

Em São Paulo, Corinthians foi superado por 2 a 0 pelo Independiente Del Valle

Em São Paulo, Corinthians foi superado por 2 a 0 pelo Independiente Del Valle

Créditos: Marcello Zambrana/AGIF

É noite de decisão para o Corinthians! Em busca de uma vaga na final da Copa Sul-Americana, o Timão vai até Quito, no Equador, encarar o Independiente Del Valle, às 21h30 (de Brasília), pela segunda partida das semifinais. Após ser superado por 2 a 0 em São Paulo, a equipe do técnico Fábio Carille terá outra grande missão: lutar contra os 2,850 metros de altitude da capital equatoriana no estádio Olímpico Atahualpa.

Em coletiva de imprensa antes do embarque, Clayson fez uma análise da estratégia adotada na primeira partida e apostou em uma virada fora de casa.

– Eu vejo uma estratégia boa da comissão técnica. Fizemos nosso melhor para executá-la, até roubamos algumas bolas no erro deles. Mas eles conseguiram sair da pressão. Eles não se surpreenderam conosco. Correram o risco. Além de êxito, tiveram também sorte em alguns lances, como no primeiro gol. Agora, vai ser montada uma nova estratégia – disse.

Concordando com o companheiro, Ralf também se mostrou confiante, mesmo quando questionado sobre a altitude de Quito.

– A gente vai puxar o ar e o ar não vem. Muda muito, mas não vamos usar isso como desculpa. Temos que fazer o que estamos fazendo nos últimos jogos. Não podemos nos atirar de qualquer forma. Temos que fazer um jogo sólido, equilibrado. Se não tomarmos gol lá atrás, a qualidade ofensiva vai sobressair. Foi um jogo atípico – comentou.

Confira o chaveamento da Copa Sul-Americana!

O cenário para o Corinthians confirmar presença na final da Sul-Americana é o seguinte: caso devolva o placar da ida, o duelo vai para os pênaltis; triunfo por três gols de diferença garante a vaga no tempo regulamentar; vitória por dois de diferença - desde que marque pelo menos um gol - também dá aos paulistas vaga na decisão.

Quem passar enfrenta na final o vencedor de Atlético-MG e Colón-ARG, que entram em campo nesta quinta-feira (26), no Mineirão. A grande decisão está marcada para o dia 9 de novembro, no Defensores del Chaco, em Assunção, no Paraguai.