Santos aposta na juventude em busca do tetra da Libertadores

Santos aposta na juventude em busca do tetra da Libertadores

Sob o comando do experiente Carlos Sánchez e recheado de "Meninos da Vila", Peixe estreia nesta terça contra o Defensa y Justicia, na Argentina

Com apenas 18 anos, Kaio Jorge começa a aparecer para o futebol profissional no Santos Com apenas 18 anos, Kaio Jorge começa a aparecer para o futebol profissional no Santos
Créditos: Ivan Storti/Santos FC

Celeiro de craques do futebol mundial, é apostando no gás da juventude que o Peixe vai em busca do tetracampeonato da Libertadores da América. Com uma das médias de idade mais baixas da competição (24,1 anos), o Santos começa sua jornada na Argentina: nesta terça-feira (3), os comandados do português Jesualdo Ferreira encaram o Defensa y Justicia, às 19h15 (de Brasília), no no Estádio Norberto Tomaghello.

Considerado uma das promessas das categorias de base santista, Kaio Jorge vem agradando o técnico Jesualdo. Das oito partidas do time até aqui no Campeonato Paulista, o atacante atuou em quatro delas. Ele agora projeta seu primeiro desafio internacional com a camisa do Santos.

– Estou muito feliz com a oportunidade de jogar uma Libertadores. Uma competição que sempre sonhei jogar, e que sempre assisti pela televisão, agora tenho a chance de poder disputar ela, é isso é muito especial pra mim – disse Kaio Jorge, em entrevista ao "globoesporte.com". 

Brasil vence o México e é campeão Mundial Sub-17. Kaio Jorge Em 2019, Kaio Jorge marcou cinco gols na campanha do tetracampeonato da Seleção na Copa do Mundo Sub-17 do Brasil
Créditos: Alexandre Loureiro/CBF

Mesmo figurando em um grupo no qual apenas o Olimpia-PAR (além do Peixe) já levantou a taça mais cobiçada da América do Sul, Kaio Jorge destacou o alto nível do torneio e disse que é preciso ter atenção redobrada para não vacilar diante dos rivais.

–  Sabemos o quão difícil é uma Libertadores, mas também sabemos que o Santos tem tradição e história. Temos que saber jogar contra os adversários e devemos errar o menos possível. É uma competição importante pra mim e para todos do clube – concluiu.

Com três títulos (1962, 1963 e 2011), o Santos é, ao lado de Grêmio e São Paulo, a equipe brasileira com mais conquistas da Libertadores. Na edição 2020, o Alvinegro Praiano vai encarar na primeira fase o Defensa y Justicia -ARG, o Delfín-EQU e o Olimpia-PAR.

PATROCINADORES

Home nike guarana antarctica vivo itau mastercard voe gol bitci free fire kwai grupo cimed fiat pague menos semp tcl cafe 3 corações techno gym stats ports kin analytics globus brasil