Renan Lodi pede Atlético-PR "atento" diante do Fluminense na Arena

Renan Lodi pede Atlético-PR "atento" diante do Fluminense na Arena

Em Curitiba, Furacão e Tricolor Carioca começam a decidir nesta quarta-feira uma vaga na final da Sul-Americana. Lateral falou em entrevista à CBF sobre o duelo

Renan Lodi é titular absoluto da lateral-esquerda do Atlético-PR

Renan Lodi é titular absoluto da lateral-esquerda do Atlético-PR

Créditos: Miguel Locatelli/Atlético Paranaense.

Renan Lodi enxerga o Furacão preparado para encarar o Fluminense

Renan Lodi enxerga o Furacão preparado para encarar o Fluminense

Créditos: Miguel Locatelli/Atlético Paranaense.

Atlético-PR eliminou o Bahia nas quartas de final da Sul-Americana

Atlético-PR eliminou o Bahia nas quartas de final da Sul-Americana

Créditos: Reprodução/Twitter @Sulamericana

O Atlético-PR inicia nesta quarta-feira (7) mais uma etapa na trajetória em busca do título Copa Sul-Americana. Após desbancar o Bahia nas quartas de final, o Furacão terá pela frente mais um brasileiro: o Fluminense. O palco do primeiro duelo das semifinais será a Arena da Baixada, com a bola rolando a partir das 21h45 (de Brasília).

O Rubro-Negro é dono de uma das melhores campanhas da competição, além de figurar como um dos mandantes mais indigestos. Foram quatro jogos em Curitiba, sendo três vitórias, uma derrota e apenas dois gols sofridos. Somado a isso, está o retrospecto do confronto diante do Tricolor Carioca no gramado sintético da Arena da Baixada: três triunfos do Furacão em três partidas.

De acordo com o lateral-esquerdo Renan Lodi, o Atlético-PR precisa misturar agressividade e equilíbrio para não ser surpreendido dentro da sua casa.

Vamos estudar bem o time deles, porque sabemos que o Fluminense tem grandes jogadores. O importante é a gente fazer gol e não tomar, já que esse gol fora é critério de desempate e pode facilitar para eles. Temos que ser agressivos o jogo todo, mas com bastante atenção. Sabemos que as oportunidades vão aparecer e temos que concluir em gol disse Renan Lodi, em entrevista exclusiva ao site da CBF.

Tal atenção cobrada pelo lateral tem fundamento. O Fluminense também está entre um dos melhores anfitriões da Sul-Americana: no Rio de Janeiro, o Tricolor venceu três jogos, empatou um e foi vazado apenas uma vez. Renan ressaltou a qualidade do rival e deu ênfase à importância de o Atlético-PR deixar a Arena com alguma vantagem para o jogo de volta, no Maracanã.

É um time de qualidade. Eles não perderam jogando no Rio e temos que estar atentos e preparados. Tem o Everaldo e o Luciano que estão vivendo uma boa fase. Então temos que atacar a equipe deles para tentar vencer esse primeiro jogo  disse.

Assim como boa parte do elenco atual, Renan é formado nas categorias de base do Furacão (Santos, Zé Ivaldo, Léo Pereira e Pablo são os outros representantes no time titular). Empolgado, o jogador contou que ele e os companheiros estão obcecados pelo título e  pela chance de escreverem seus nomes na história do clube paranaense.

Ficamos muito felizes. Estamos desde o sub-15 no clube e passa um filme na cabeça desde que chegamos. Poder ser campeão internacional com o Atlético será marcante. Vamos trabalhar para isso, porque ficará na história do clube e nas nossas histórias. Mas antes temos que focar no Fluminense  finalizou.

Atlético-PR e Fluminense voltam a se enfrentar por uma vaga na final da Copa Sul-Americana no dia 28 de novembro, às 21h45, no Maracanã.

Confira a tabela completa da Copa Sul-Americana!