Confira como foi a campanha do Palmeiras, campeão da Conmebol Libertadores 2020

Confira como foi a campanha do Palmeiras, campeão da Conmebol Libertadores 2020

Verdão abocanhou o bicampeonato da Libertadores com o triunfo diante do Santos neste sábado, no Maracanã (RJ).

Final da Libertadores da América no Maracanã Final da Libertadores da América no Maracanã
Créditos: Twitter/Conmebol Libertadores

O Palmeiras é bicampeão da Conmebol Libertadores! Na tarde deste sábado (30), no estádio do Maracanã, o Alviverde venceu o Santos por 1 a 0 para conquistar a Glória Eterna pela segunda vez em sua história. Com o fim oficial do torneio continental, o site da CBF relembrou a trajetória do Verdão, campeão da edição de 2020 da Libertadores, ao longo da competição.

Fase de Grupos de Almanaque

Ainda sob o comando de Vanderlei Luxemburgo, o Palmeiras iniciou a Fase de Grupos como um dos favoritos a avançar com tranquilidade, e assim o fez. Com uma campanha de cinco vitórias e um empate, o Verdão terminou na primeira colocação de seu grupo e prosseguiu para os duelos de mata-mata invicto. A ótima campanha fez com que o Porco tivesse a vantagem de decidir os confrontos em seus domínios – com exceção da final, que já estava programada para ser disputada em jogo único no estádio do Maracanã.

1ª rodada: Tigre (ARG) 0 x 2 Palmeiras
2ª rodada: Palmeiras 3 x 1 Guarani (PAR)
3ª rodada: Bolívar (BOL) 1x 2 Palmeiras
4ª rodada: Guarani (PARA) 0 x 0 Palmeiras
5ª rodada: Palmeiras 5 x 0 Bolívar (BOL)
6ª rodada: Palmeiras 5 x 0 Tigre (ARG)

Oitavas de Final sem sustos

Após ótimo desempenho na Fase de Grupos da competição, o Palmeiras chegou com a moral elevada ao mata-mata. Pior para o Delfín, do Equador, que foi o primeiro time a cruzar o caminho do Verdão na etapa eliminatória. Já no confronto de ida, mesmo longe de casa, o Alviverde Paulista mostrou a que veio e derrotou os rivais equatorianos por 3 a 1. Na partida de volta, em São Paulo, o Porco comprovou sua superioridade ao golear por 5 a 0 e avançar na Libertadores.

Palmeiras, Santos e Grêmio avançaram de fase e agora disputam as Quartas de Final da CONMEBOL Libertadores. Palmeiras, Santos e Grêmio avançaram de fase e agora disputam as Quartas de Final da CONMEBOL Libertadores.
Créditos: Twitter/CONMEBOL Libertadores

Ida
Delfín (ECU) 1 x 3 Palmeiras

Volta
Palmeiras 5 x 0 Delfín (ECU)

Quartas de Final

Nas quartas, o Palmeiras encarou uma figurinha carimbada da Libertadores, o Libertad, do Paraguai. Mais habituados à competição, os paraguaios fizeram jogo duro e empataram em 1 a 1 em casa. No duelo de volta, no Allianz Parque (SP), o Verdão impôs seu ritmo de jogo e demonstrou porque era cotado como um dos favoritos ao título: triunfo por 3 a 0 e vaga na semifinal assegurada.

Palmeiras empatou com o Libertad (PAR) por 1 a 1 no jogo de ida das quartas de final da Libertadores Palmeiras empatou com o Libertad (PAR) por 1 a 1 no jogo de ida das quartas de final da Libertadores
Créditos: Cesar Greco/Palmeiras

Ida
Libertad (PAR) 1 x 1 Palmeiras

Volta
Palmeiras 3 x 0 Libertad

Semifinal dramática

Boa parte da imprensa especializada destacava que a semifinal seria o verdadeiro teste de fogo para a equipe do Palmeiras. Afinal de contas, do outro lado estava o poderoso River Plate, da Argentina, campeão da Libertadores em 2018 e vice-campeão em 2019. O duelo extremamente aguardado cumpriu com as expectativas dos amantes do esporte e trouxe um verdadeiro carrossel de emoções para os torcedores envolvidos.

Em uma atuação histórica, os comandados de Abel Ferreira superaram o River Plate por 3 a 0 na Argentina. Entretanto, os hermanos não haviam desistido de abocanhar uma eventual terceira final seguida de Libertadores e vieram ao Brasil com fome de vingança. Em uma partida de tirar o fôlego, o Verdão foi batido por 2 a 0, mas a vantagem conquistada no jogo de ida garantiu o Palmeiras na grande final do torneio.

Palmeiras sofreu com a pressão dos argentinos, mas garantiu a vaga na final da Libertadores Palmeiras sofreu com a pressão dos argentinos, mas garantiu a vaga na final da Libertadores
Créditos: Twitter/CONMEBOL Libertadores

Ida
River Plate 0 x 3 Palmeiras

Volta
Palmeiras 0 x 2 River Plate

Final no Maraca

Pela primeira vez na história, Palmeiras e Santos se enfrentaram na final. Donos das melhores campanhas da fase de grupos, os clubes paulistas decidiram o título no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. Em uma decisão truncada e de poucas chances, brilhou a estrela de Breno Lopes, que saiu do banco para marcar o único gol do jogo, já nos acréscimos do segundo tempo. 1 a 0 Verdão, bicampeão da América!

Jogo único
Palmeiras 1 x 0 Santos