Paulinho analisa rápida ascensão e revela meta: "Conquistar o mundo"

Paulinho analisa rápida ascensão e revela meta: "Conquistar o mundo"

Reunido com a Seleção Brasileira Sub-20, o apoiador falou sobre a evolução da carreira e a adaptação ao futebol alemão

Paulinho, atacante do Bayer Leverkusen-ALE Paulinho, atacante do Bayer Leverkusen-ALE
Créditos: Divulgação / Bayer Leverkusen

Do Vasco para o mundo. Essa é a trajetória que Paulinho definiu para sua carreira. Após se destacar nas categorias de base e se tornar o atleta mais jovem a estrear pelo profissional do Vasco, o apoiador se transferiu para o Bayer Leverkusen, da Alemanha, na última janela de transferência e já projeta grandes conquistas no Velho Continente. Em entrevista exclusiva ao site da CBF, a revelação vascaína de apenas 18 anos de idade analisou os primeiros meses no novo clube. 

– Tenho tudo para me firmar cada vez mais. Estou trabalhando para isso. Apesar de ter apenas dois meses na Alemanha, estou trabalhando desde quando ainda estava no Brasil para me firmar o mais rápido possível, conquistar uma vaga no clube e conseguir colher bons frutos dentro da competição – afirmou.

Apesar da pouca idade, Paulinho se destaca pela maturidade que encara os desafios. Uma das joias do futebol brasileiro, o atacante mostrou personalidade desde as categorias de base e, três dias antes de completar 17 anos, conquistou a primeira oportunidade na equipe profissional do Vasco. Menos de duas semanas depois de estrear contra o Vitória-BA, o jovem balançou as redes contra o Atlético-MG e se tornou o primeiro jogador da geração 2000 a marcar no Campeonato Brasileiro. Em 7 de fevereiro de 2017, repetiu a façanha na Libertadores, diante do Universidad Concépcion.

– Foi tudo muito rápido. Mas desde quando subi para o sub-20 do Vasco, tinha uma meta: atuar pelo profissional o mais rápido possível junto com os atletas mais velhos do sub-20. Via essa possibilidade e fui buscando o meu espaço cada vez mais. Trabalhando muito, conquistando as metas que eu traçava. Quando chegou em 2018, eu sabia que tinha uma possibilidade de venda para a Europa, onde todo jovem jogador brasileiro quer jogar e comigo não foi diferente. Fiquei muito feliz com essa transferência e espero me adaptar o mais rápido possível para poder conquistar o mundo agora – projetou. 

Com passagens pela Seleção Brasileira desde a categoria sub-15, Paulinho segue trilhando seu caminho com a Amarelinha. Reunido com a Seleção Sub-20 em Santiago para os amistosos contra o Chile, o atacante agradeceu a confiança depositada pelo técnico Carlos Amadeu.

– É sempre uma honra poder defender meu país. Seja em qual categoria for. Fico muito feliz em poder participar desses momentos. O ambiente aqui é muito bom e me sinto bem. Gosto de jogar com os jogadores que vem pra cá. O histórico todo que tenho com a Seleção e a identidade que eu criei com a Seleção aqui desde a Sub-15 me ajudaram bastante para poder passar uma boa impressão para todos aqui – analisou Paulinho, que ainda traçou os próximos objetivos com a Canarinho.

– Diante das possibilidades é claro que eu quero defender o meu país em todos os campeonatos. A meta agora é o Sul-Americano Sub-20. Vou trabalhar para chegar no Sul-Americano e fazer com que a gente consiga ganhar o título e, assim sucessivamente, ganhar o Mundial e futuramente conquistar uma vaga na Seleção Principal, que é o grande objetivo da minha carreira. 

Com Paulinho e Cia, a Seleção Brasileira Sub-20 encara o segundo amistoso contra o Chile nesta segunda-feira (15). No estádio Santa Laura, as duas equipes entram em campo às 17h15 (horário de Brasília). O primeiro confronto terminou empatado em 1 a 1.