Palmeiras estreia no Mundial de Clubes da FIFA contra o Tigres, do México

Palmeiras estreia no Mundial de Clubes da FIFA contra o Tigres, do México

Alviverde finalizou sua preparação neste sábado, com treinamento e reconhecimento do gramado do Estádio Cidade da Educação, que recebe o duelo entre brasileiros e mexicanos.

Os jogadores da SE Palmeiras, durante treinamento, na cidade de Doha, Catar. (Foto: Cesar Greco) Os jogadores da SE Palmeiras, durante treinamento, na cidade de Doha, Catar. (Foto: Cesar Greco)
Créditos: Cesar Greco

Palmeiras x Tigres (MEX)

Semifinal do Mundial de Clubes da FIFA
Data: 7/2, domingo
Local: Cidade da Educação, Doha (Catar)
Horário: 15h (horário de Brasília)
Transmissão: Rede Globo e Sportv

O Palmeiras está pronto para a estreia no Mundial de Clubes da FIFA 2020. Neste domingo (7), o Verdão enfrenta o Tigres, do México, pela semifinal da competição no Estádio Cidade da Educação, em Doha, no Catar. A bola rola às 15h, com transmissão da Rede Globo e do Sportv.

O Alviverde finalizou sua preparação na tarde de sábado com um treinamento na Aspire Academy, onde tem feito todos os trabalhos desde que chegou ao Catar. Durante a atividade, o técnico Abel Ferreira promoveu ajustes táticos no time e afinou movimentações com e sem bola, como transições e recomposições, para o jogo deste domingo.

Ainda no sábado, a delegação palmeirense também foi até o Cidade da Educação para um reconhecimento do palco do jogo contra os mexicanos. Em entrevista coletiva, Abel Ferreira projetou o duelo contra o Tigres. Ao explicar a maneira como o time irá jogar, o treinador ressaltou que o Palmeiras tentará impor a sua forma de jogo e terá, acima de qualquer coisa, muita coragem na partida.

"Vamos impor a nossa forma de defender e de atacar dentro de campo. Eles têm muita qualidade, um potencial tremendo, com grandes jogadores e um grande time. Quando não tivermos a bola, temos de tampar os caminhos para a baliza. Com a bola, temos de jogar com a coragem", analisou Abel.

Como sempre faz antes de um confronto, o treinador português se debruçou, nos últimos dias, sobre material de estudo e análises sobre o estilo de jogo do Tigres. Por isso, Abel Ferreira já sabe o que esperar dos mexicanos para o jogo deste domingo, mas sabe que no futebol nada é garantido. Ou quase nada.

"Cada um tem de entrar amanhã (domingo) e dar o seu melhor, jogar no alto nível. Por mais que eu estude, nunca sei o que o adversário vai fazer, cada jogo tem uma história. Mas, no fim, fica a nossa identidade e qualidade como equipe", ressaltou.

Para o confronto deste domingo, o Palmeiras não poderá contar com o Gabriel Verón e Luan Silva, que ainda se recuperam de lesões. Mas se os desfalques podem até preocupar, o torcedor palmeirense pode ficar animado com o recente retrospecto do clube em torneios de mata-mata, como é o Mundial de Clubes da FIFA. Na temporada de 2020, o Palmeiras ainda não foi superado em um torneio eliminatório. O Verdão foi campeão do Campeonato Paulista, está na final da Copa do Brasil e conquistou o título da Conmebol Libertadores.

O adversário de Palmeiras ou Tigres na final do Mundial de Clubes da FIFA será definido na próxima segunda-feira (8), quando Bayern de Munique e Al Ahly se enfrentam no mesmo Cidade da Educação, em Doha, no Catar.

Confira mais imagens do Palmeiras na véspera da estreia no Mundial:

Os jogadores Luiz Adriano, Gabriel Menino e Danilo (E/D), da SE Palmeiras, durante treinamento, na cidade de Doha, Catar. (Foto: Cesar Greco) Com espírito leve, jogadores finalizaram preparação no Catar.
Créditos: Cesar Greco

O jogador Rony, da SE Palmeiras, durante treinamento, na cidade de Doha, Catar. (Foto: Cesar Greco) Rony durante treino do Palmeiras na Aspire Academy.
Créditos: Cesar Greco

O jogador Felipe Melo, da SE Palmeiras, durante reconhecimento do campo de jogo, na cidade de Doha, Catar. (Foto: Cesar Greco) O meia Felipe Melo durante reconhecimento do gramado do Cidade da Educação, em Doha.
Créditos: Cesar Greco

O técnico Abel Ferreira e o jogador Gustavo Gómez (D), da SE Palmeiras, concedem entrevista coletiva após reconhecimento do campo de jogo, na cidade de Doha, Catar. (Foto: Cesar Greco) Abel Ferreira e Gustavo Gómez deram entrevista coletiva no sábado.
Créditos: Cesar Greco