Nos pênaltis, Atlético-MG é superado pelo Colón e dá adeus à Sula

Nos pênaltis, Atlético-MG é superado pelo Colón e dá adeus à Sula

Galo abre dois gols no Mineirão, mas vê equipe argentina marcar quase no fim do segundo tempo e faturar nas penalidades a vaga na final da Sul-Americana

Atlético-MG perde nos pênaltis vaga na final da Copa Sul-Americana

Créditos: Fernando Moreno/AGIF

O Atlético-MG lutou muito na noite desta quinta-feira (26), devolveu o placar de 2 a 1 sobre o Colón-ARG mas, na decisão por pênaltis, acabou eliminado nas semifinais da Copa Sul-Americana. Di Santo e Chará fizeram os gols atleticanos no Mineirão. Luiz Rodríguez, o "Pulga", balançou as redes para os argentinos. Na marca da cal, Réver e Cazares pararam no goleiro Burián: 3 x 4.

Visivelmente triste após o duelo, Chará não escondeu a frustração da eliminação. O colombiano apontou os erros do time e disse que agora é hora focar na disputa do Campeonato Brasileiro.

– A gente, depois do segundo gol, perdemos muita posse de bola. Eles acabaram fazendo um de pênalti. Nós estávamos pensando muito nessa competição. Agora nos resta o Brasileirão. Temos que nos recuperar de qualquer forma. Temos muitos jogos pela frente. Vamos recuperar os pontos que perdemos – disse Chará, em entrevista ao canal Dazn.

Precisando fazer gols, o Galo partiu pra cima. Mas o gol demorou a sair, para loucura dos atleticanos presentes no Gigante da Pampulha. Aos 38, Cazares levantou na área, a bola sobrou para Di Santo que, de esquerda, bateu para estufar as redes de Burián. Logo no início da etapa final, a equipe mineira fez o gol que até então garantiria a vaga na final. Aos quatro minutos, Cazares conduziu a bola e achou belo passe para Chará. O colombiano chutou cruzado e ampliou o placar.

Mas quando tudo parecia flores, os argentinos conseguiram o gol que levou a decisão para os pênaltis. Aos 36, Elias derrubou Morelo. Na batida, Pulga Rodríguez deslocou Cleiton e converteu a cobrança.