Na altitude, Athletico perde para o J. Wilstermann pela Libertadores

Na altitude, Athletico perde para o J. Wilstermann pela Libertadores

Em Cochabamba, o Furacão foi superado pelos bolivianos por 3 a 2 pela quinta rodada do Grupo G da Libertadores

Athletico perde fora de casa para o 	
Jorge Wilstermann

Créditos: Miguel Locatelli/Athletico-PR

Na altitude boliviana de Cochabamba, o Athletico Paranaense sofreu sua segunda derrota na Libertadores. Na noite desta quarta-feira (24), pela quinta rodada do Grupo G, o Furacão foi superado pelo Jorge Wilstermann por 3 a 2. Apesar do resultado negativo, o técnico rubro-negro, Tiago Nunes, elogiou a postura da equipe fora de casa. 

- Só tenho que parabenizar a nossa equipe, que tentou jogar. Temos que lembrar a todos que em jogos internacionais faz muito tempo que o Jorge Wilstermann não perde aqui. Eu me sinto orgulhoso da equipe, pelo fato de termos tentado propor o jogo, não viemos nos esconder - afirmou o comandante.

No Félix Capriles, o Athletico buscou o empate em duas oportunidades, com gols de Ballivián (contra) e Marco Ruben. Com o placar mostrando 2 a 2, os donos da casa chegaram ao terceiro gol após cobrança de pênalti na marca dos 41 minutos da etapa complementar. 

- Tivemos uma particularidade que não controlamos, que foram dois pênaltis. Foram pênaltis que não têm culpados, foram má sorte. Falar em justiça no futebol é algo muito particular. A justiça é de quem ganha - encerrou o treinador. 

Depois do empate entre Tolima e Boca Juniors, o Furacão garantiu a classificação para as oitavas de final da Libertadores. Confira a tabela completa da competição!