Ludmila e Daiane comentam início da Liga dos Campeões Feminina

Ludmila e Daiane comentam início da Liga dos Campeões Feminina

Jogos de ida da primeira etapa do mata-mata do torneio continental acontecem nesta quarta e quinta-feira com brasileiras em campo

Atacante Ludmila em atuação pelo Atlético de Madrid

Créditos: Divulgação/site oficial Atlético de Madrid

Vai começar o mata-mata da Liga dos Campeões Feminina. A briga pela taça do torneio mais importante da Europa se inicia nesta quarta-feira (12), com 32 equipes na disputa. Pelos gramados do velho continente vão passar sete brasileiras que já vestiram a camisa da Seleção.

Contratação do PSG-FRA para a temporada, a zagueira Daiane vai para a sua segunda Liga dos Campeões. A estreia na edição 2017/18 pelo Avaldsnes, da Noruega, foi um momento de crescimento profissional único e o começo de uma longa caminhada na competição.

- Da minha primeira participação na competição ficou o aprendizado, a experiência e a maturidade. Além da minha evolução como atleta, hoje me sinto preparada, sempre tem aquela ansiedade, isso é normal, mas sei que sou capaz porque já passei por isso antes. Espero contribuir dando o meu melhor em todos os jogos para fechar a zaga junto com minhas companheiras e conquistar o título - comentou a camisa 3 em entrevista para o site da CBF.

A zagueira terá uma companhia bem especial durante a missão de buscar o título inédito do torneio continental para o time francês: a meia Formiga, um dos grandes nomes da história do futebol feminino brasileiro.

- Sem palavras. É incrível ver o quão experiente ela é e quantas coisas boas ela tem para me ensinar. É uma honra poder jogar ao lado dela. Além de ser uma jogadora top, ela é uma pessoa maravilhosa - disse Daiane sobre a companheira de equipe.

O PSG enfrenta o St. Pölten-AUS, às 14h10 (de Brasília), na NV Arena, em Sankt Polten, na Áustria.

Na quinta-feira (13) é a vez do Atlético de Madrid-ESP dar o pontapé inicial na Liga dos Campeões. E, para isso, o clube espanhol conta com duas brasileiras no elenco, Rilany e Ludmila. As duas estavam presentes na última convocação da Seleção Feminina. Em entrevista ao site oficial do Atlético, a atacante analisou o confronto contra outro gigante europeu, o Manchester City-ING. A bola rola para o duelo a partir das 14h30 (de Brasília), no Estádio Cerro Del Espino, em Majadahonda, na Espanha.

- Creio que todas as jogadoras sonham em jogar uma competição como essa e contra uma das melhores equipes, como Manchester City. Vai ser um duelo emocionante, um grande desafio, mas confio nas minhas companheiras. Temos nossas armas e estamos preparadas para tudo - afirmou Ludmila.

Vivendo um grande momento na carreira, a jogadora  falou dos seus principais objetivos para o futuro. Tanto no Atlético de Madrid, quanto na Seleção Brasileira.

- Quero seguir melhorando, jogar mais tempo, em mais partidas e fazer mais gols para ajudar o Atlético. Além disso, quero estar em um excelente nível para também estar presente no Mundial de 2019 com o Brasil - encerrou a jogadora, lembrando da Copa do Mundo do ano que vem, que será disputada na França.

Outras três brazucas também estarão na briga pelo título: Andressa Alves, pelo Barcelona-ESP, Tamires, pelo Fortuna-DIN, e Andreia Rosa, pelo Avaldsnes-NOR. 

Confira a tabela da Liga dos Campeões Feminina!