Liga dos Campeões Feminina: Formiga e Ludmila representam o Brasil

Liga dos Campeões Feminina: Formiga e Ludmila representam o Brasil

Primeira etapa do mata-mata começa nesta quarta-feira, e atacante do Atlético de Madrid exalta participação de brasileiras na competição: "Algo fantástico"

Ludmila em ação pelo Atlético de Madrid, da Espanha Ludmila prevê edição ainda mais competitiva da Liga dos Campeões Feminina
Créditos: Alex Marin/Site oficial do Atlético de Madrid

A primeira fase mata-mata da Liga dos Campeões Feminina 2019/2020 começa nesta quarta-feira (11), com duas brasileiras na briga pelo título tão desejado. De contrato renovado até o ano que vem com o Paris Saint-Germain, da França, a experiente Formiga disputa mais uma edição do torneio. E a representante brazuca do Atlético de Madrid, da Espanha, é a atacante Ludmila.

A estreia de Ludmila será às 15h (de Brasília) da quinta-feira (12), diante do Spartak Subotica, da Sérvia, fora de casa. Em entrevista ao site da CBF, a brasileira de 24 anos acredita em uma disputa competitiva nesta edição da competição, que contará com 60 times contando todas as fases, de 50 países diferentes. Na última temporada, o Atlético de Madrid foi eliminado nas oitavas de final.

– Essa temporada vai ser muito complicada, porque tem bastante time reforçado, com muitas meninas novas. Nosso time também está assim. Acho que a temporada vai ser bem disputada, mas ao mesmo tempo será boa, bem competitiva. Na Champions vamos pegar times de igual para igual. Disputamos um torneio nos Estados Unidos durante a pré-temporada, onde enfrentamos Lyon e Manchester City, e foi um bom teste. Acredito que estaremos bem preparadas para essa Champions – declarou a atacante.

Com 41 anos, Formiga quer fazer história no PSG Formiga renovou o contrato com o PSG até 2020
Créditos: Divulgação/Site Oficial PSG

Formiga também entra em campo nesta quinta, às 16h (de Brasília), na estreia do PSG diante do Braga, de Portugal, fora de casa – na última temporada, o time francês saiu nas quartas de final. Ludmila exaltou a participação das duas brazucas na competição e reforçou a importância da competição para o futebol feminino.

– A Champions é algo fantástico, onde todas as equipes querem participar. Termos eu e Formiga é uma experiência ótima, que podemos passar para as outras meninas. Eu fico até boba, porque só tem as melhores jogadoras, é uma briga grande, você não pode piscar, porque pode sair fora. É mata-mata. Para mim é muito importante. Fico muito feliz em participar – finalizou.

Confira a tabela completa a Liga dos Campeões Feminina!