Libertadores: Internacional encara duelo decisivo contra Universidad de Chile

Libertadores: Internacional encara duelo decisivo contra Universidad de Chile

Depois de empatar o primeiro jogo sem gols, colorados vão em busca da vaga na próxima fase nesta terça-feira

Inter encara jogo decisivo diante da Universidad de Chile Inter encara jogo decisivo diante da Universidad de Chile
Créditos: Ricardo Duarte/Internacional

É dia de tudo ou nada para o Colorado! Querendo manter vivo o sonho do tricampeonato da Libertadores, o Internacional encara a Universidad de Chile, em duelo decisivo da segunda fase da competição. Com promessa de casa cheia, a bola rola no Beira-Rio a partir das 19h15 (de Brasília) desta terça-feira (11).

Na Libertadores de 2019, a torcida colorada ajudou o time a se manter invicto como mandante e vai precisar mostrar a sua força mais uma vez para empurrar a equipe rumo à classificação. 

– A torcida é sempre importante, nós precisamos deles. Teremos pelo menos 40 mil pessoas no Beira-Rio. O torcedor se faz presente quando precisamos. Nesse momento, precisamos do Beira-Rio lotado, que eles nos empurrem, precisamos que nos acompanhem. Não será fácil, mas temos condições de fazer um bom jogo e conseguir classificar – afirmou o capitão D'Alessandro.

Com promessa de casa cheia, Inter busca vaga na próxima fase da Libertadores Com promessa de casa cheia, Inter busca vaga na próxima fase da Libertadores
Créditos: Divulgação/Site Oficial Internacional

Depois do empate sem gols na primeira partida, o jogo de volta ganhou contornos dramáticos. Para carimbar a vaga na próxima fase só a vitória interessa para o Inter. Um novo 0 a 0 leva a decisão para as penalidades. Enquanto qualquer outra igualdade classifica os chilenos. 

Além da necessidade de balançar as redes, o Internacional precisa estar 100% ligado na defesa para não se complicar durante os 90 minutos. A boa notícia é que, após sofrer quatro gols em dois jogos, a equipe gaúcha está a três partidas sem ser vazada. 

– Teremos de estar atentos aos contra-ataques, vamos ficar muito com a bola no pé. Mentalmente vamos estar fortes para qualquer coisa dentro do jogo. Não podemos bobear, dar brecha. Se ocorrer qualquer coisa, podemos pagar um preço muito caro. Temos de fazer o dever de casa, conseguir um bom jogo, reproduzir o que fizemos no Chile e ainda melhor. Temos de jogar conforme treinamos – comentou o meia. 

Quem avançar para a terceira fase vai enfrentar o classificado do confronto entre Tolima-COL e Macará-EQU, que duelam também nesta terça-feira, às 21h30. A equipe colombiana venceu o primeiro jogo por 1 a 0. Confira a tabela completa da Libertadores!