Libertadores: com retrospecto positivo, Flamengo encara o Peñarol-URU

Libertadores: com retrospecto positivo, Flamengo encara o Peñarol-URU

Rubro-Negro recebe os uruguaios nesta quarta-feira (3), no Maracanã. Em vantagem histórica no duelo, triunfo pode deixar o Fla perto da vaga na segunda fase

Everton Ribeiro é um dos destaques do Flamengo na temporada

Créditos: Alexandre Vidal / Flamengo

Depois de conquistar o título da Taça Rio no domingo (31), o Flamengo volta os olhos para a Libertadores. Invicto no torneio e com 100% de aproveitamento, o Rubro-Negro enfrenta o Peñarol nesta quarta-feira (3), às 21h30 (de Brasília), no Maracanã, pela terceira rodada da fase de grupos. No retrospecto do confronto, vantagem brasileira: foram seis vitórias dos cariocas, cinco dos uruguaios e dois empates em 13 partidas disputadas.

Em entrevista coletiva na véspera do jogo, Everton Ribeiro afirmou que o Flamengo precisa ter equilíbrio para se dar bem diante da equipe que ostenta cinco troféus de Libertadores.

— Temos só que jogar futebol, independente do que venha do Peñarol. Mas acredito que eles venham para jogar futebol. Natural que queiram esfriar o jogo. Temos que controlar a ansiedade, isso não pode nos atrapalhar. Todos com a cabeça fria, mas com intensidade — destacou o meia.

Líder do Grupo D, com seis pontos, o Rubro-Negro pode encaminhar a classificação para as oitavas de final em caso de vitória. Para isso, Everton Ribeiro pede que o time mantenha o rendimento que apresentou nas duas primeiras rodadas.

— Fomos bem na altitude (contra o San José-BOL). Estamos bem treinados, e isso nos dá confiança para fazer um bom jogo. Nosso time é técnico, mas se precisar de luta, estamos aí. Será mais um grande teste — ressaltou o meia.

Após estrear perdendo para a LDU, o Peñarol goleou o San José-BOL por 4 a 0 na última rodada, alcançando a vice-liderança da chave. Já o líder Flamengo vem de triunfo por 3 a 1 sobre a LDU, depois de vencer o San José-BOL na primeira rodada.

Confira a tabela completa da Libertadores da América!