Flamengo vira sobre o Al Hilal e está na final do Mundial de Clubes

Flamengo vira sobre o Al Hilal e está na final do Mundial de Clubes

Após sair perdendo por 1 a 0, Rubro-Negro faz três gols no segundo tempo e segue em busca do bicampeonato mundial de clubes da FIFA, em Doha, no Catar

Flamengo avança no Mundial de Clubes e vai encarar na final Monterrey ou Liverpool Flamengo avança no Mundial de Clubes e vai encarar na final Monterrey ou Liverpool
Créditos: Divulgação/Twitter-FIFA

O Flamengo vai disputar a grande final do Mundial de Clubes da FIFA! Nesta terça-feira (17), o Rubro-Negro viu o Al Hilal abrir o placar no primeiro tempo, se recuperou na etapa final e bateu o time saudita por 3 a 1, com gols de Arrascaeta, Bruno Henrique e Albulayhi (contra), no Khalifa Stadium, em Doha, no Catar. A equipe brasileira aguarda na decisão o vencedor do duelo entre Monterrey e Liverpool, que acontece na quarta-feira (18). 

Confira a tabela completa do Mundial da Clubes!

O Al Hilal pressionou a marcação, encurtou os espaços e dificultou demais a vida do Flamengo no primeiro tempo. O Rubro-Negro ainda teve chance de abrir o placar aos 14 minutos, quando Gerson pegou rebote da entrada da área e quase marcou. Mas quem balançou as redes foi a equipe da Arábia Saudita. Primeiro, assustou aos 15, com Al-Dawsari, que apareceu na cara do gol e só não fez porque Diego Alves salvou em linda defesa. Mas, aos 17, Giovinco recebeu pelo meio e abriu na direita, a bola chegou em Al-Dawsari que, de frente para o gol, chutou livre de marcação. A redonda ainda desviou no caminho, tirando as chances de Diego Alves.  

Bruno Henrique fez o gol que colocou o Rubro-Negro à frente no placar Bruno Henrique fez o gol que colocou o Rubro-Negro à frente no placar
Créditos: Alexandre Vidal / Flamengo

O Rubro-Negro voltou do intervalo com outra postura, marcou em cima e empatou aos cinco minutos. Gabigol encontrou Bruno Henrique, o camisa 27 invadiu a área e rolou para o uruguaio apenas empurrar para o fundo do gol: 1 a 1. E o time carioca manteve o bom toque de bola consagrado na temporada para chegar ao gol da virada. Aos 32, Diego abriu para Rafinha na direita. O lateral cruzou de primeira, na cabeça de Bruno Henrique, que testou firme e colocou o Flamengo à frente no placar. Quatro minutos depois, veio o terceiro, para delírio dos quase 10 mil rubro-negros presentes no estádio: Bruno Henrique invadiu a área pela esquerda, e tentou o cruzamento para Gabigol. Mas, no meio do caminho, Ali Albulayhi mandou contra as próprias redes. Depois, foi só esperar o tempo passar e comemorar a vaga na grande final do Mundial de Clubes da FIFA.