Flamengo busca classificação na Libertadores diante do Peñarol

Flamengo busca classificação na Libertadores diante do Peñarol

Fora de casa, o Rubro-Negro precisa de um empate contra os uruguaios para avançar às oitavas de final da Libertadores

Flamengo e Peñarol se enfrentam de olho na classificação para as oitavas de final Flamengo e Peñarol se enfrentam de olho na classificação para as oitavas de final
Créditos: Alexandre Vidal/Flamengo

A quarta-feira (8) do torcedor rubro-negro vai ser daquelas que as horas parecem passar mais devagar. Quase um dia inteiro com o mesmo pensamento e um único desejo: a vaga para as oitavas de final da Libertadores. Em Montevidéu, no Uruguai, o Flamengo enfrenta o Peñarol, às 21h30 (de Brasília), pela última rodada do Grupo D do torneio continental.

Basta um empate para o time carioca carimbar a vaga na próxima fase. Mas, do outro lado, os uruguaios estão 100% em casa e precisam de uma vitória para não depender do resultado do outro confronto do grupo, entre LDU-EQU e San José-BOL.

— Para o Peñarol, é uma pressão, mas também uma motivação passar da fase de grupos depois de tantos anos. É o jogo da classificação tanto para eles, quanto para nós. Nós viemos para isso. Para nós, também é muito importante passar, temos um time de muito qualidade e vamos entrar ligados para tentar avançar. Independentemente de tudo, temos que entrar ligados, começar o jogo forte. Pode ser que venham com tudo no início para cima de nós ou esperem para sair nos contra-ataques. Temos que estar preparados para tudo — comentou o meia Arrascaeta.

Arrascaeta é uma das armas do poderoso ataque rubro-negro na Libertadores Arrascaeta é uma das armas do poderoso ataque rubro-negro na Libertadores
Créditos: Alexandre Vidal/Flamengo

Uma das armas ofensivas do Flamengo, o camisa 14 conhece bem os adversários desta noite. Quando atuava pelo Defensor-URU, Arrascaeta encarou alguns embates contra o Peñarol, além de ser torcedor declarado da equipe carbonera.

— Eu, como uruguaio, sei da vontade e disposição que eles vão para o jogo. Vão vibrar muito. Temos que entrar ligados. Estamos trabalhando para isso. Temos que entrar ligados, vão vibrar muito durante o jogo.

Para conseguir o resultado fora de casa e sair de campo com a classificação, "inteligência" é a palavra de ordem. 

— Vamos fazer nosso jogo, ficar com a bola, temos jogadores rápidos e técnicos. Mas temos que ficar atentos, o Peñarol tem jogadores rápidos e verticais. Creio que será um jogo intenso. O torcedor do Peñarol vai gritar muito para empurrar o time para passar de fase. Temos que ser inteligentes e encurtar os espaços — encerrou o jogador.

No outro jogo do Grupo D, a LDU recebe o San José, também às 21h30. Confira os jogos que encerram a primeira fase da Libertadores!