Ex-Fla e Grêmio, Tita prevê jogo franco no Maraca: "Os dois melhores"

Ex-Fla e Grêmio, Tita prevê jogo franco no Maraca: "Os dois melhores"

Campeão da Libertadores por ambos, Tita analisa as equipes para a semifinal e garante: "São o que há de melhor no Brasil atualmente"

Tita foi campeão da Libertadores da América de 1983 com a camisa do Grêmio

Créditos: Guto Mariano

Em um exercício paradoxal entre a tentativa de acalmar os ânimos e a ansiedade à flor da pele, flamenguistas e gremistas vão se preparando para o tão esperado duelo de volta das semifinais da Libertadores. Tarefa complicadíssima, aliás, é tentar arriscar um palpite sobre qual time ficará com a vaga na grande decisão. A missão é difícil até para quem vestiu as duas camisas e conquistou a América por ambos. Trata-se de Tita, campeão da Libertadores pelo Fla em 1981 e Grêmio em 1983.

– São os dois melhores times do Brasil. O Flamengo pela qualidade dos jogadores que contratou, e o Grêmio pelo tempo que o elenco está com o Renato (Portaluppi). Os dois são o que há de melhor no Brasil atualmente – disse Tita, em entrevista exclusiva ao site da CBF.

Para o ex-jogador, mesmo com o empate em 1 a 1 no Sul, não existe favorito nem vantagem para o embate no Maracanã. Tita acredita em um jogo franco na quarta-feira (23).

– Isso (empate na ida) em um clássico, em uma semifinal de Libertadores, quase não representa nada. Eu não vejo uma vantagem que faça grande diferença, não vejo o Flamengo grande favorito por jogar no Maracanã também. O Grêmio, no primeiro jogo na Arena, era em tese o favorito, mas o Flamengo fez uma partida espetacular, teve gols anulados e eles tiveram dificuldades para empatar – ponderou, antes de completar:

– Grêmio e Flamengo são realmente hoje os dois melhores times do futebol brasileiro para estarem representando o país nessa semifinal da Copa Libertadores.

Pelo Flamengo, Tita faturou os Brasileiros de 80 e 82, além da Libertadores e Mundial em 1981 Pelo Flamengo, Tita faturou os Brasileiros de 80 e 82, além da Libertadores e Mundial em 1981
Créditos: Guto Mariano

Confira a tabela completa da Libertadores da América!

Everton Cebolinha x Gabigol

No momento eu vejo o Gabigol mais decisivo para o Flamengo que o Cebola para o Grêmio. Mas, em contrapartida, você vê um Cebolinha já com lugar na Seleção. O Gabigol não. Então acho que equilibra um pouco. Um é o goleador do Campeonato Brasileiro, o outro tem vaga quase que cativa na Seleção.

Jorge Jesus

O português chegou pisando firme, dando chute na porta. Está fazendo um trabalho espetacular. Começou inseguro, mas logo logo colocou os jogadores para atuarem no esquema dele. Realmente, está fazendo um grande trabalho.

Renato Portaluppi

O Renato a gente já conhece. Vem há três anos dirigindo a equipe do Grêmio. Todo ano é campeão de alguma coisa. Ele, inclusive, tem o nome frequentemente ventilado para a Seleção Brasileira.