Convocado para a Olímpica, Matheus Cunha concorre ao Prêmio Puskás

Convocado para a Olímpica, Matheus Cunha concorre ao Prêmio Puskás

Atacante do RB Leipzig pode se tornar o terceiro brasileiro a conquistar premiação, após Neymar e Wendell Lira

Brasil garante primeiro lugar no Grupo B e melhor campanha da primeira fase da competição, com gols de Matheus Cunha (2), Paulinho (2) e Mateus Vital

Créditos: Fernando Torres / CBF

O atacante Matheus Cunha ganhou mais um motivo para sorrir nesta segunda-feira (19). Dias após ser convocado para a Seleção Olímpica, o jogador de apenas 20 anos foi anunciado como um dos candidatos ao Prêmio Puskás, de gol mais bonito da última temporada.

Em anúncio feito pelas redes sociais, a FIFA indicou os dez nomes que entraram para a escolha popular, no site da entidade. Com a eleição até o próximo dia 1º de setembro, os três mais votados vão para a final, onde o vencedor será decidido por um comitê.

Além de Matheus Cunha, concorrem ao prêmio o atacante sueco Zlatan Ibrahimovic, o argentino Lionel Messi, a camaronesa Ajara Nchout, o italiano Fabio Quagliarella, o colombiano Fernando Quintero, a norte-americana Amy Rodriguez, a norte-irlandesa Billie Simpson, o inglês Andros Townsend e o húngaro Daniel Zsóri.

O gol de Matheus foi marcado contra o Bayer Leverkusen, no último dia 6 de abril. Segundo o atacante, ele já torcia para estar entre os indicados.

– Sendo bem sincero, quando fiz o gol, fiquei na expectativa de concorrer, sim. A gente sabe que a concorrência é pesada e existem grandes nomes também na disputa, mas, pela jogada e o gol, fiquei esperançoso – revelou o camisa 20 do RB Leipzig ao site da CBF.

O jovem centroavante ainda falou sobre a expectativa de disputar o Puskás com grandes nomes do futebol internacional.

– Eu não sei descrever a felicidade desse momento. É mais um sonho realizado na minha vida. Além de disputar um dos prêmios mais consagrados e respeitados do mundo, estou concorrendo com nomes como Messi e Ibra. Agora é fazer campanha para estar entre os três finalistas (risos) – brincou o jogador.

Criada em 2009, a premiação já foi conquistada duas vezes por brasileiros. O primeiro foi Neymar, em 2011, quando ainda atuava pelo Santos. Em 2015, Wendell Lira surpreendeu e teve seu gol marcado pelo Goianésia eleito o mais bonito da temporada.

Clique aqui e vote no gol de Matheus Cunha