Com vantagem, Bahia visita o Nacional-PAR para seguir na Sul-Americana

Com vantagem, Bahia visita o Nacional-PAR para seguir na Sul-Americana

Após 3 a 0 no jogo de ida, Tricolor pode perder por até dois gols de diferença para ficar com a vaga na segunda fase do torneio

Atacante Clayson concedeu entrevista coletiva e falou sobre o jogo da volta contra o Nacional-PAR, válido pela primeira fase da Copa Sul-Americana Atacante Clayson concedeu entrevista coletiva e falou sobre o jogo da volta contra o Nacional-PAR, válido pela primeira fase da Copa Sul-Americana
Créditos: Divulgação/Bahia EC

O Bahia volta as forças nesta quarta-feira (26) para um de seus principais objetivos no ano. O Tricolor de Aço vai até o Paraguai para enfrentar o Nacional-PAR, naquele que marca o confronto de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana. Com boa vantagem construída no primeiro jogo, a equipe comandada pelo técnico Roger Machado tenta um resultado que garanta o clube na próxima etapa da competição.

+ Confira a tabela completa da Copa Sul-Americana

Na ida, disputada na Arena Fonte Nova, o Bahia conseguiu se impor e abriu 3 a 0 no duelo. Para o jogo da volta, no entanto, o time não espera encontrar a mesma facilidade. Um dos reforços para a temporada, o atacante Clayson falou em entrevista coletiva sobre a partida.

– Nós sabemos que o resultado foi importante no primeiro jogo. Mas não pode relaxar. A gente sabe que aqui, jogando dentro de casa, eles são uma equipe muito mais forte. Mas a gente está bem concentrado. Trabalhamos bastante para esse jogo. A gente vem para cá com o intuito de vencer novamente, conquistar um triunfo fora de casa, para nos dar confiança no restante da temporada – disse o jogador.

Para o camisa 25 tricolor, apesar da vantagem, o confronto ainda não está definido. Clayson também comentou sobre a estratégia que o Bahia deverá ter jogando no Paraguai.

– É ficar bem concentrado, explorar os pontos fracos deles. A gente sabe que eles vão se atirar, porque precisam do resultado. Que a gente possa pressionar bem a equipe, talvez um contra-ataque, para que a gente possa fazer o gol e, aí sim, conseguir liquidar essa partida – completou.

Bahia e Nacional-PAR rolarão a bola a partir das 19h15 (horário de Brasília). O time brasileiro pode perder por até dois gols de diferença para carimbar o passaporte para a próxima fase. Um triunfo por três gols, desde que também marque, também dá a classificação para o Bahia.

+ Veja tudo sobre os brasileiros pelo mundo