Com Gabigol eleito o "Rei da América", Flamengo domina seleção do continente

Com Gabigol eleito o "Rei da América", Flamengo domina seleção do continente

Decisivo na final da Libertadores, artilheiro fatura prêmio do diário El País. Rubro-Negro emplaca seis na seleção da América, que também tem Cebolinha escalado

E quando o título parecia ficar cada vez mais distante o artilheiro entrou em ação. Gabriel marcou duas vezes e o Flamengo virou o jogo nos acréscimos do segundo tempo Com dois gols em três minutos sobre o River, Gabigol virou o jogo no finalzinho e deu o bicampeonato da Libertadores ao Flamengo
Créditos: Alexandre Vidal/Flamengo

Artilheiro do Brasileirão e da Libertadores, Gabigol foi eleito o "Rei da América" em 2019. O jornal uruguaio "El País" publicou nesta terça-feira (31) os vencedores do tradicional prêmio. Bruno Henrique e Arrascaeta completaram o pódio rubro-negro ao lado do atacante.

Gabigol ficou com 45% dos votos de jornalistas que participaram da eleição. O camisa 9 foi o grande nome da decisão da Libertadores, quando marcou dois gols nos minutos finais contra o River Palte e deu o bicampeonato ao Rubro-Negro. De quebra, ainda terminou na artilharia da competição, com nove gols marcados. Bruno Henrique, que terminou com 22% dos votos, foi escolhido o destaque em votação popular.

El País uruguaio estampou Gabigol em sua capa nesta terça-feira (31) El País uruguaio estampou Gabigol em sua capa nesta terça-feira (31)
Créditos: Reprodução/El País

FLAMENGO DOMINA SELEÇÃO DA AMÉRICA, QUE TEM EVERTON CEBOLINHA ESCALADO

O El País divulgou também nesta terça-feira (31) a "Seleção da América 2019", na qual escalou os 11 melhores jogadores do ano. Bicampeão do torneio, o Flamengo emplacou seis jogadores da lista, que ainda teve Everton Cebolinha, do Grêmio, semifinalista do torneio.

Com seis jogadores do Flamengo e Everton Cebolinha, futebol brasileiro dominou a Seleção da América Com seis jogadores do Flamengo e Everton Cebolinha, futebol brasileiro dominou a Seleção da América
Créditos: Reprodução/El País

Veja a seleção:

Franco Armani (River Plate); Rafinha (Flamengo), Rodrigo Caio (Flamengo), Pinola (River Plate) e Filipe Luís (Flamengo); Enzo Perez (River Plate) e Ignácio Fernandez (River Plate); Arrascaeta (Flamengo), Bruno Henrique (Flamengo) e Everton Cebolinha (Grêmio); Gabigol (Flamengo) - Técnico: Marcelo Gallardo (River Plate)