Atlético-PR empata com o Jr Barranquilla em primeiro jogo da final

Atlético-PR empata com o Jr Barranquilla em primeiro jogo da final

Na Colômbia, times ficaram no 1 a 1 e deixaram a decisão do título da Sul-Americana para o confronto da volta, na quarta que vem, na Arena da Baixada

Atlético-PR empatou em 1 a 1 com o Jr Barranquilla no primeiro jogo da final da Sul-Americana Atlético-PR empatou em 1 a 1 com o Jr Barranquilla no primeiro jogo da final da Sul-Americana
Créditos: Reprodução/Twitter @atleticopr

A final da Copa Sul-Americana 2018 começou a ser definida nesta quarta-feira (6) entre Junior Barranquilla-COL e Atlético-PR, no Estádio Metropolitano, em Barranquilla. Com muita movimentação no segundo tempo da partida, os times empataram em 1 a 1 e deixaram a decisão completamente aberta para o confronto da volta, marcado para semana que vem, dia 12, na Arena da Baixada.

Com duas boas defesas no final da partida, Santos evitou a virada do time colombiano, que empatou o jogo dois minutos após o gol de Pablo. Após o jogo, o goleiro comentou sobre o momento do Furacão.

– Esse ano foi muito bom. Não começamos tão bem a temporada, mas no decorrer conseguimos chegar onde estamos. Fico feliz de poder ajudar os companheiros e o Atlético. Minhas participações sempre estão contribuindo, mas temos que enaltecer esse grupo. Agora é ir para casa, descansar, e quarta que vem, com a nossa torcida, vamos em busca desse título. Determinação não vai faltar e vamos em busca desse título – disse Santos.

O Furacão saiu na frente aos quatro minutos do segundo tempo, após Nikão avançar em velocidade e passar para Pablo, que dominou, invadiu a área e chutou firme para abrir o placar na Colômbia. O jogador, substituído aos 15 minutos, revelou que atuou com uma lesão, mas ficou satisfeito com sua atuação.

– Foi uma lesão que aconteceu no jogo contra o Flamengo. Fiz exames aqui, mas suportei bem os minutos que joguei. Muito feliz com o gol, me senti um pouco mais forte, mas não dava para continuar. Agora é tratar para jogar bem na Arena, que será um jogo histórico para o clube. Imaginei sim o gol hoje. Vinha pedindo a Deus para nos abençoar, pensei muito na família, porque é um momento único na final da Sul-Americana, momento muito especial para o Atlético e para mim – disse o artilheiro do Furacão.

Com o empate em 1 a 1, os times voltam a campo com a decisão totalmente em aberta para o confronto final. A partida que definirá o campeão da Sul-Americana será na próxima quarta-feira (12), às 21h45 (de Brasília), na Arena da Baixada.