Athletico-PR e River Plate decidem na Argentina a Recopa Sul-Americana

Athletico-PR e River Plate decidem na Argentina a Recopa Sul-Americana

Brasileiros e argentinos disputam no Monumental o troféu da Recopa Sul-Americana 2019. Destaque do Furacão, Rony acredita em jogo decidido nos detalhes

Athletico-PR tem vantagem do empate diante do River para faturar a Recopa Sul-Americana

Créditos: Gabriel Machado/AGIF

O Furacão está a um passo de faturar mais um título internacional! Para isso, basta empatar com o River Plate na noite desta quinta-feira (30), no Monumental de Nuñez, pelo segundo jogo da Recopa Sul-Americana. Isso porque o time do técnico Tiago Nunes fez o dever de casa e venceu o duelo de ida por 1 a 0, na Arena da Baixada. A bola rola às 21h30 (de Brasília).

O elenco rubro-negro está em Buenos Aires desde terça-feira (28). Destaque do Furacão na primeira partida, dando a assistência para o gol de Marco Ruben, o atacante Rony projetou o duelo, reconhecendo que será um pouco mais complicado que o de Curitiba.

— Sabemos que será mais um jogo difícil. Mesmo dentro de casa, encontramos dificuldades contra o River, mas tivemos uma boa atuação e conseguimos vencer. Para mim ficou marcado, porque era um jogo de suma importância, contra uma equipe qualificada, e pude dar o passe para o gol que nos deu a vantagem —disse o atacante, ao site oficial do clube.

Athletico-PR bateu o River Plate por 1 a 0 na Arena da Baixada, no jogo de ida da Recopa Sul-Americana Athletico-PR bateu o River Plate por 1 a 0 na Arena da Baixada, no jogo de ida da Recopa Sul-Americana
Créditos: Jason Silva/AGIF

Mesmo podendo empatar para ser campeão, Rony garante que a equipe vai atrás de mais um triunfo.

— Será um jogo de detalhes, mas vamos em busca da vitória. Temos que entrar ligados, principalmente nos primeiros minutos, que eles tentarão uma pressão. Estamos focados para fazer outra grande partida, para erguer mais uma taça e dar alegrias aos nossos torcedores — projetou.

Com a vitória por 1 a 0 na Arena da Baixada, o Athletico-PR joga por uma igualdade para ficar com o caneco. Os argentinos precisam vencer ao menos por um gol - sem sofrer - para levar a decisão aos pênaltis, já que na Sul-Americana o gol qualificado é critério de desempate.