Gabriel brilha na final e termina a Libertadores no topo da artilharia

Gabriel brilha na final e termina a Libertadores no topo da artilharia

Camisa 9 do Rubro-Negro carioca marcou os dois gols da virada contra o River e ajudou a recolocar o Flamengo no topo da América

Gabriel Gabriel
Créditos: Bruno Baketa/AGIF

Teve gol e teve grito de campeão. O artilheiro da Libertadores da América deixou sua marca também na final. E não uma, mas duas vezes. Contra o River Plate-ARG, Gabriel Barbosa foi fatal. No Estádio Monumental de Lima, no Peru, o camisa 9 do Rubro-Negro anotou os dois gols da vitória heroica por 2 a 1 sobre os argentinos. A atuação decisiva, além de ajudar a recolocar o Flamengo no topo da América, rendeu ao atacante o prêmio de craque da partida. Com os gols deste sábado (23), Gabriel terminou a competição com nove tentos em 13 jogos. 

– Eu poderia falar muitas coisas. Mas primeiro quero agradecer a Deus por esse momento especial. Momento que ficará guardado para o resto da minha vida, momento histórico para todos nós, flamenguistas, brasileiros. Agradecer muito minha família, ao estafe, aos jogadores, à nação que invadiu Lima. Quero só agradecer. Momento histórico – declarou o jogador.

O primeiro gol de Gabriel Barbosa foi logo o da vitória rubro-negra na estreia da competição: 1 a 0 sobre o San José na Bolívia. Na segunda rodada, ele fez mais um no triunfo por 3 a 1 sobre a LDU. Já na segunda fase, foram do camisa 9 os dois gols da vitória contra o Emelec, que levou a decisão das oitavas para os pênaltis e classificou o time às quartas. Depois, frente ao Internacional, Gabriel garantiu o empate em 1 a 1 no Sul. Nas semifinais, mais dois gols contra o Grêmio, no histórico 5 a 0 no Maracanã.

Herói da final. Gabriel marcou os dois gols da histórica virada rubro-negra diante do River Plate
Créditos: Divulgação/Conmebol