Aloísio Chulapa vê Atlético-PR favorito à conquista da Sul-Americana

Aloísio Chulapa vê Atlético-PR favorito à conquista da Sul-Americana

Vice-campeão da Libertadores de 2005 com o Furacão, ex-atacante falou em entrevista exclusiva ao site da CBF

Torcida do Atlético-PR na Arena da Baixada Torcida do Atlético-PR na Arena da Baixada
Créditos: Divulgação/Atlético-PR

O Atlético-PR está a um passo de escrever o nome na galeria do futebol internacional. Na quarta-feira (12), o Furacão faz o segundo jogo da final da Sul-Americana contra o Jr. Barranquilla-COL, na Arena da Baixada. E a torcida pelo título conta com o reforço de um velho conhecido dos atleticanos: Aloísio Chulapa. Defendendo as cores do Furacão entre 2004 e 2005, o atacante esteve bem perto de levar a equipe paranaense ao topo da América, quando faturou o vice-campeonato da Libertadores de 2005.

Em entrevista exclusiva ao site da CBF, Chulapa diz enxergar o atual elenco do Atlético-PR um pouco mais preparado em relação aquele time que encarou o São Paulo nas finais da Libertadores.

— Estou na torcida pelo Atlético-PR pela conquista do primeiro título internacional. Se esse time está na final, é porque mereceu. Tenho certeza que em casa, na Arena da Baixada, com a torcida apoiando em peso, esse título vem. O Atlético-PR tem um grupo muito fechado e unido — comentou.

Na sua passagem pelo Atlético-PR, Aloísio Chulapa disputou 27 jogos e marcou sete gols, sendo quatro deles na Libertadores de 2005. Naquela edição, o Furacão teve o melhor desempenho em competições internacionais até aqui, faturando o segundo lugar. Nas decisões, empate em 1 a 1 no primeiro jogo, disputado no Beira-Rio, em Porto Alegre. Em São Paulo, triunfo Tricolor por 4 a 0 no Morumbi. 

—  O primeiro jogo foi no Beira-Rio, porque a Arena estava em reforma. Acredito que se tivesse sido na Arena da Baixada, a gente venceria, porque éramos imbatíveis lá. No segundo, no Morumbi, infelizmente não deu para a gente. O São Paulo foi muito eficiente e aproveitou todas as oportunidades que teve — disse.

Confiante, Aloísio citou um jogador que para ele pode ser o destaque da grande final: o atacante Pablo.

—  Esse time conta com um dos melhores atacantes do futebol brasileiro, que é o Pablo. Ele está em uma fase maravilhosa. Espero que ele seja campeão fazendo o gol do título. Estou torcendo bastante por ele — destacou o ex-jogador, antes de lembrar dos perigos que o adversário colombiano pode oferecer.

—  O Junior é um time que é preciso ter muito cuidado. A equipe deles é muito rápida, e fatalmente vão apostar nos contra-ataques. Ou seja, é preciso ter muito cuidado.

Atlético-PR e Jr. Barranquilla entram em campo às 21h45 (de Brasília), quarta-feira (12), na Arena da Baixada. O primeiro jogo na Colômbia terminou empatado em 1 a 1. Sendo assim, quem vencer fatura a Sul-Americana 2018. Em caso de um novo empate a decisão vai para a prorrogação. Persistindo a igualdade, o campeão será conhecido nas cobranças de pênaltis.

Confira a tabela completa da Sul-Americana!