Como eu cheguei aqui

13/01/2018 às 18:49 | Assessoria CBF

Angelina: busca de inspiração em Andressinha

Créditos: Fernanda Coimbra/CBF

A história das jogadoras da Seleção Brasileira costuma ser parecida. Em geral, meninas que começaram a jogar futebol com os meninos na rua ou na escola. Algumas sofreram preconceito e tiveram que brigar por seu espaço, outras tiveram apoio da família e dos amigos. Apesar das semelhanças, as trajetórias foram diferentes, mas com o mesmo objetivo: o de chegar à equipe nacional. É por isso que hoje, o site da CBF e a CBF TV começam a contar a história de cada atleta da Sub-20 que disputa o Sul-Americano da categoria no Equador.

A primeira é Angelina, volante, que representou a Sub-17 no Sul-Americano da Venezuela, em 2016, quando o Brasil enfrentou as donas da casa na decisão para um público de quase 40 mil pessoas. A jogadora nascida nos Estados Unidos, passou pela base do Vasco da Gama e hoje atua no Santos, atual campeão brasileiro.

Leia mais

Nossos patrocinadores