Três defesas!

20/10/2017 às 22:51 | Assessoria CBF

Vitor Eudes: de reserva a herói do título celeste

Créditos: João Moretzsohn/CBF

Um dia inesquecível. Não há outra maneira de definir a participação de Vitor Eudes, goleiro da equipe sub-20 do Cruzeiro, no título da Raposa sobre o Coritiba nesta sexta-feira (20). Em pleno Couto Pereira, tomado por torcedores alviverdes, o arqueiro celeste teve uma atuação segura nos 90 minutos e foi decisivo nas penalidades, com três cobranças defendidas.

Candidato a herói do inédito título do Cruzeiro, Vitor Eudes começou a competição na reserva de Gabriel Brazão, goleiro celeste que está a serviço da Seleção Sub-17 no Mundial da Índia. Depois da convocação do então titular, Vitor assumiu a camisa 1 e, com atuações consistentes no torneio, em especial na tarde desta sexta-feira, garantiu o topo do pódio para o Cruzeiro. Apesar da emoção pela performance no Couto, Eudes prefere dividir os méritos pelo título com os companheiros.

– Estou sem palavras, mas não se pode apontar apenas um herói. Nosso time lutou muito para chegar até aqui e, nesta altura do campeonato, a gente não podia deixar escapar esta oportunidade – comentou o goleiro celeste em entrevista à CBF TV.

Fã de Taffarel, um exímio pegador de pênaltis, a atuação do arqueiro da Raposa apenas reforça a tradição cruzeirense em ter grandes goleiros. Para Vitor, vestir a mesma camisa que um dia foi de grandes ídolos do clube como Raul Plassman, Gomes, Fábio e tantos outros é, sem dúvida, um grande orgulho.

– O Cruzeiro é um clube de grande expressão. Graças a Deus a gente consegue manter o nível do Cruzeiro de ter bons goleiros. Agora é comemorar! – celebrou o eufórico herói do título do Cruzeiro.

VEJA MAIS

+Confira a galeria de fotos da festa do Cruzeiro

+Thonny Anderson: capitão e destaque da Raposa

+Técnico comenta conquista do Cruzeiro nos pênaltis

Leia mais

Nossos patrocinadores