Garotada boa

22/11/2017 às 08:15 | Assessoria CBF

América-MG colhe frutos de DNA formador na Série B

O América-MG é conhecido por ser um clube com o DNA formador. Nesta temporada, o elenco do Coelho conta com aproximadamente 25% de atletas das categorias de base. Seguindo a tradição, dois nomes tiveram grande importância na campanha que já garantiu o acesso à Série A 2018 e pode render o título no próximo sábado (25): o meia Matheusinho e o zagueiro Messias.  

Hoje com 19 anos, Matheusinho está no clube desde os 13. Brasileiro mais bem posicionado no ranking de melhores atletas Sub-19 do mundo da revista inglesa Four Four Two, o meia não esconde a alegria por ser o principal representante da tradição de revelar talentos do América. 

– Me sinto muito honrado por saber que meu trabalho é reconhecido não só pelos companheiros dentro de campo e pelo treinador, mas também pelos presidentes e toda a comissão do América. É uma honra muito grande ajudar o América, o clube que abriu as portas para mim, fico muito feliz em saber que pude ajudar de alguma forma. Se Deus quiser, vamos fechar o sábado com chave de ouro e seremos campeões! – declarou. 

Messias fez uma grande Série B do Campeonato Brasileiro pelo América Mineiro nesta temporada. Com apenas 23 anos, ele jogou como "gente grande" e levou apenas três cartões amarelos em 31 jogos. O zagueiro fica feliz por ser uma referência da base americana e revela a expectativa por um possível título nacional pelo Coelho.

– Para mim é uma honra fazer parte desse celeiro de atletas que o América revela. Fico muito feliz com isso, por ter a oportunidade de estar jogando e representando bem o América. Tem a ansiedade do jogo, mas minha cabeça está tranquila e, como em qualquer outro jogo, não podemos criar uma pressão além da que o jogo já exige. É manter a concentração e, se Deus quiser, faremos um grande jogo e sairemos com a vitória – acrescentou. 

O América Mineiro pode conquistar o título da Série B 2017 neste sábado (25). Para isso, o Coelho precisa apenas derrotar o CRB-AL, às 17h30 (de Brasília), no Independência. O time mineiro pode ficar com a taça também em caso de derrota do Internacional-RS para o Guarani-SP. 

Leia mais

Nossos patrocinadores