Por fibra óptica, VAR atua remotamente na Supercopa Kia 2021

Por fibra óptica, VAR atua remotamente na Supercopa Kia 2021

Assim como na última edição, árbitro de vídeo opera à distância em decisão nacional.

Sala do VAR para a Supercopa Kia 2021 Sala do VAR para a Supercopa Kia 2021
Créditos: Gustavo Castilho/CBF

Mais de 1.100 quilômetros superados em questão de segundos. Neste domingo, pela segunda vez na história, o árbitro de vídeo de um jogo válido por uma competição nacional foi operado remotamente. Na decisão da Supercopa Kia 2021, que coroou o Flamengo como grande campeão, o árbitro Wagner Reway comandou o VAR de uma cabine instalada na sede da CBF, no Rio de Janeiro.

A iniciativa repete o que foi feito, de forma inédita, na Supercopa do Brasil de 2020 e, com mais um sucesso, serve como um bom teste para o Brasileirão Assaí. A ideia da CBF, com a criação do Centro de Excelência da Arbitragem, é que a operação do VAR seja centralizada em um único local. A ideia foi apresentada e aprovada por clubes e federações durante o Conselho Técnico da Série A.

"É mais uma parte do processo de evolução do árbitro de vídeo. Agora temos a possibilidade de ter todas as cabines do árbitro de vídeo juntas. Então, o feedback, o estudo, treinamento, a forma com que vamos conseguir dar o retorno ao nossos árbitros tem tudo para evoluir. Nós estarmos todos no mesmo local vai ser fundamental para um crescimento cada vez mais rápido da tecnologia", falou Leonardo Gaciba, Chefe do Departamento de Arbitragem da CBF.

Pela primeira vez como operador de uma sala remota do árbitro de vídeo, Wagner Reway disse não ter sentido muita diferença para a execução do seu trabalho. Graças à tecnologia de fibra óptica, as imagens chegaram com qualidade e tempo praticamente imediato, o que permitiu que ele atuasse com segurança e rapidez durante a partida.

"Essa é a primeira vez que estamos trabalhando com a tecnologia da fibra óptica a distância, saindo de dentro do estádio e vindo para um local centralizado. Podemos ver que não perdemos nada e não teve nenhuma diferença do que fazemos do campo. Além disso, a comunicação verbal com a arbitragem de campo foi facilitada, o sinal estava mais limpo. As imagens tinham a mesma qualidade e foi como se estivéssemos no próprio estádio, foi exemplar e um excelente trabalho feito pela CBF", declarou Wagner Reway, árbitro de vídeo na Supercopa Kia 2021.

Spray é novidade na Supercopa

Outra mudança foi apresentada durante a Supercopa Kia 2021. O árbitro Leandro Pedro Vuaden teve à sua disposição o spray para marcar o gramado durante o jogo entre Flamengo e Palmeiras. O retorno do spray valerá para todos os jogos da temporada do futebol brasileiro e representa um ganho para a arbitragem.

SuperCopa Kia 2021 - Flamengo x Palmeiras SuperCopa Kia 2021 - Flamengo x Palmeiras
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro nike guarana antarctica vivo itau mastercard voe gol bitci free fire kwai grupo cimed fiat pague menos semp tcl cafe 3 corações techno gym stats ports kin analytics globus brasil