Manoel Flores faz balanço sobre a Supercopa Sub-20

Manoel Flores faz balanço sobre a Supercopa Sub-20

Diretor de Competições da CBF exalta estreia da Supercopa do Brasil Sub-20 e destaca importância do torneio para o desenvolvimento das categorias de base

Manoel Flores na Supercopa Sub-20

Créditos: Reprodução CBF TV

A Supercopa do Brasil Sub-20 foi uma das novidades do Departamento de Competições da CBF para a temporada 2017. Com dois grandes clássicos entre Atlético-MG e Cruzeiro-MG, na Arena Independência, a primeira edição teve o time celeste como grande campeão. A Raposa conquistou o título, na última quinta-feira (23), após vitória nos pênaltis.

Para o Diretor de Competições da CBF, Manoel Flores, a estreia da Supercopa do Brasil Sub-20 foi muito boa. Presente na decisão, ele destacou que o alto nível de disputa entre as equipes e a organização da competição contribuíram para a garantia de um grande espetáculo. 

– Não poderia ter sido melhor. Estrear uma competição com dois clássicos, terminar com um jogo emocionante como foi esse aqui, placar em 2 a 2 e decisão indo para os pênaltis. Foi excelente! Uma experiência incrível ver essa garotada correndo, lutando por suas camisas, experimentando jogar em estádio com bom público, torcidas cantando... Mais uma competição de muito orgulho para nós e que começou com o pé direito. Acreditamos muito no futuro da Supercopa – afirmou.

A realização da Supercopa Sub-20 é fruto de um trabalho da Confederação Brasileira de Futebol que visa o desenvolvimento das categorias de base no país. Manoel Flores destaca que competições deste nível acrescentam muito aos clubes na formação de novos talentos.

– Procuramos preencher as lacunas que existem na base do nosso futebol. Conversamos muito com os gestores de base, de clubes, que demandam, questionam e a gente tenta atender da melhor forma possível em competições. Acho que essa Supercopa veio para preencher algo importante, que é dar uma vaga na Libertadores ao melhor clube do país naquele ano. E por que não o melhor clube sair de uma disputa entre o campeão do Brasileiro Sub-20 e o campeão da Copa do Brasil Sub-20? Então, acho que preencheu muito bem este quesito e a primeira edição foi sensacional – acrescentou. 

Com os dois jogos disputados em Belo Horizonte (MG), a organização da competição foi feita graças ao trabalho conjunto da CBF com a Federação Mineira de Futebol. O presidente da Entidade de Minas Gerais, Castellar Neto, falou sobre esta parceria. 

– Foi um grande trabalho. Conversei com a Diretoria de Competições da CBF desde o início, falei que não gostaria que tivéssemos partidas preliminares, mas sim grandes espetáculos, e foi isso o que tivemos aqui em Belo Horizonte. Duas partidas no Independência, com um bom público no sábado, com mais gente ainda na arquibancada nesta partida decisiva, torcidas cantando durante todo o jogo... E fica a certeza de que o torcedor que esteve aqui presente acompanhou uma grande final, digna de uma competição que está chegando com um futuro muito promissor – destacou.

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro NikeItaúVIVOGuaraná AntárticaMastercardGOLGrupo CIMEDSEMP TCLFIATUltrafarmaEnglish LiveTechnogymStatsports3 Corações