Cuiabá vence Costa Rica-MS e avança à semifinal da Copa Verde

Cuiabá vence Costa Rica-MS e avança à semifinal da Copa Verde

No outro jogo da noite, Paysandu e Bragantino-PA empataram por 1 a 1 pelo jogo de ida do confronto

Cuiabá vence Costa Rica-MS no jogo da volta das quartas de final da Copa Verde e avança de fase no torneio

Cuiabá vence Costa Rica-MS no jogo da volta das quartas de final da Copa Verde e avança de fase no torneio

Créditos: AssCom Dourado

Cuiabá vence Costa Rica-MS no jogo da volta das quartas de final da Copa Verde e avança de fase no torneio

Cuiabá vence Costa Rica-MS no jogo da volta das quartas de final da Copa Verde e avança de fase no torneio

Créditos: AssCom Dourado

Cuiabá vence Costa Rica-MS no jogo da volta das quartas de final da Copa Verde e avança de fase no torneio

Cuiabá vence Costa Rica-MS no jogo da volta das quartas de final da Copa Verde e avança de fase no torneio

Créditos: AssCom Dourado

Cuiabá vence Costa Rica-MS no jogo da volta das quartas de final da Copa Verde e avança de fase no torneio

Cuiabá vence Costa Rica-MS no jogo da volta das quartas de final da Copa Verde e avança de fase no torneio

Créditos: AssCom Dourado

Cuiabá vence Costa Rica-MS no jogo da volta das quartas de final da Copa Verde e avança de fase no torneio

Cuiabá vence Costa Rica-MS no jogo da volta das quartas de final da Copa Verde e avança de fase no torneio

Créditos: AssCom Dourado

A Copa Verde 2019 conheceu mais um semifinalista na noite desta quarta-feira (11). Jogando em casa, o Cuiabá derrotou o Costa Rica por 2 a 0 no jogo da volta – depois de ter empatado por 1 a 1 na ida –, e avançou de fase na competição. Com isso, a equipe mato-grossense irá enfrentar o Goiás na próxima fase, depois do Esmeraldino ter passado pelo Luverdense.

Fazendo ainda a primeira partida do duelo, válido pelas quartas de final, Paysandu e Bragantino-PA se enfrentaram no estádio Mangueirão e ficaram no empate por 1 a 1. O vencedor do confronto pega quem passar entre Remo e Atlético-AC. O time acreano venceu o jogo de ida por 2 a 1, e as equipes voltam a se encontra no próximo domingo (15), em Belém.

+ Confira o chaveamento da Copa Verde 2019

Cuiabá 2 x 1 Costa Rica-MS

Após o empate por 1 a 1 no primeiro jogo, Cuiabá e Costa Rica-MS voltaram a campo, na Arena Pantanal, para o segundo jogo das quartas de final. Jogando em casa, diante de sua torcida, o Dourado teve completo domínio do primeiro tempo. Não demorou muito para os mandantes abrirem o marcador. Logo aos cinco minutos, Escudero fez boa jogada e serviu para Marino. O meio-campista bateu com força e ainda contou com desvio na zaga para fazer 1 a 0.

A etapa final começou da mesma forma que a inicial, com o Cuiabá pressionando. Mais uma vez, a equipe mato-grossense precisou de poucos minutos para marcar. Mais precisamente, quatro, até que Escudero recebeu dentro da área e bateu no canto, sem chances para o goleiro Rodolfo: 2 a 0.

Quando a classificação parecia encaminhada, o Costa Rica se lançou ao ataque e conseguiu diminuir aos 29. Kanu dominou fora da área e finalizou com força, fazendo o primeiro para os visitantes. Dois minutos depois, de novo Kanu teve a chance do empate. Em ótima finalização, o atacante carimbou a trave do Cuiabá. Apesar disso, o Cuiabá conseguiu se segurar até o apito final e garantiu vaga nas semifinais da Copa Verde. O próximo adversário será o Goiás, que eliminou o Luverdense.

Paysandu 1 x 1 Bragantino-PA

Jogando no Mangueirão, o Paysandu foi quem criou a primeira oportunidade clara de gol. No primeiro minuto de jogo, Thiago Primão aproveitou cruzamento de Bruno Oliveira e falha da zaga do Bragantino, e bateu para o gol, mas viu a bola balançar a rede pelo lado de fora. Aos 37, Vinícius Leite teve outra boa oportunidade para o Papão, após grande jogada de Elielton. Mas o goleiro Axel Lopes fez a defesa e manteve o zero no placar do primeiro tempo.

No segundo tempo, o jogo cresceu e ficou mais movimentado. Aos 14, o Paysandu saiu na frente no placar. Elielton fez boa jogada e finalizou com força, para boa defesa de Axel Lopes. No rebote do goleiro, no entanto, Nicolas pegou a bola e rolou para Thiago Primão. O jogador bateu de primeira e estufou as redes: 1 a 0 para o Papão.

Porém, a vantagem no marcador não durou muito tempo. Aos 21, Mauro Praia bateu colocado, mas a bola explodiu na trave. Na volta, ela caiu nos pés de Micael, que errou o domínio e colocou contra a própria meta, deixando tudo igual no placar. Nos minutos finais, o Paysandu ainda teve dois jogadores expulsos, mas conseguiu segurar o empate por 1 a 1.

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro